Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Uma aula de política

Muito se tem falado e escrito sobre a candidatura do Professor Marcelo Rebelo de Sousa à Presidência da República. Uns acreditam que o ainda professor de Direito há muito que tinha desenhado esta estratégia, outros crêem que o antigo comentador apenas aproveitou a vaga deixada pelos partidos do Centro-Direita para se chegar à frente.

Noutro contexto é perfeitamente aceitável que as televisões usem diversos trunfos para captar audiências e o professsor Marcelo foi naturalmente um grande trunfo. Lembro-me dele na TSF onde, com David Borges, fazia um programa onde atribuía notas semanais a diversas figuras da "nossa praça". Com a implementação dos canais privados era certo que este figurino teria tendência a ser um sucesso. Como foi!

Quase ninguém, fosse de esquerda ou de direita, ficava indiferente às suas opiniões. E a questão de criar acontecimentos políticos, como muitos dos seus adversários o acusam, não parece ser a mais fiável. Cheira-me a… outra coisa!

Não sei, nem ninguém sabe, se MRS será o próximo morador do Palácio de Belém. Mas que tem o caminho bem desbravado, lá isso tem.

Primeiro porque de todos os adversários que tenho ouvido só Marisa Matias aparece como a mais esclarecida e esclarecedora. Só que a sua base de apoio é restrita.

Segundo porque os restantes candidatos surgem, não para ganhar as eleições, mas para marcar terreno… especialmente à esquerda onde o PCP e BE lutam por um lugar ao sol.

Terceiro porque o PS viu-se ultrapassado por duas figuras que se querem colar ao partido liderado por António Costa dividindo claramente o eleitorado socialista.

E quarto, como católico assumido, mesmo num país laico, a igreja dar-lhe-á o seu total apoio. O que não é de somenos importância.

Com tudo isto fica porém uma questão por responder: Terá MRS subrepticiamente usado a televisão para abrir o seu caminho para Belém ou foi a televisão que deu a Marcelo a ideia e a hipótese de se transformar num candidato?

Todos nós sabemos que em política tudo é possível! Até Jesus descer à terra…

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D