Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Lá como cá!

Há uns amantes de desporto que preferem fórmula 1, onde foram raros os portugueses a particpar. Outros gostam de ralis. Eu adoro ciclismo.

Talvez por ter visto Joaquim Agostinho a correr nas nossas estradas e saber dos brilharetes que fez no "Tour" de França.

Deste modo a Volta à França é um daqueles momentos (quase) imperdíveis de televisão. Com as normais e anormais vicissitudes decorrentes deste desporto.

Agora que o "Tour" está a terminar (será no próximo Domingo a consagração do vencedor nos Campos Elísios em Paris) recordo belos momentos que pude assistir "on-line". Belos sprints, muitas fugas e algumas complicadas quedas, então aquela de Phillipe Gilbert foi de arrepiar...

No entanto o que eu realmente percebi é que lá em França, tal com cá em Portugal, o público respeita pouco o ciclista e o seu enormíssimo esforço.

Devido à sua curiosidade e pouco civismo os espectadores podem estragar a corrida de um atleta, que durante meses se treinou para o evento. Sei que será quase impossível conseguir manter o público longe da estrada. Mas vê-los encostados aos atletas, parece-me um exagero.

Agora que se aproxima a Volta a Portugal seria bom que os responsáveis lusos avisassem o público português para apoiarem os nossos atletas, mas deixando uma distância razoável de forma a não prejudicar os corredores!

A fim de evitar a imagem seguinte.

tour_1.jpg

Foto retirada do sítio oficial do Tour de 2018

 

 

 

Tour de France

Inicioou-se já hoje em Yorshire na Inglaaterra, o 101º Tour de France, a volta raínha de toda a época do ciclismo internacional.

 

Porém desta vez há uma atenção especial nesta prova, tendo em conta que o ciclista Rui Costa é o actual chefe-de-fila da equipa Lampre-Merida.

 

Uma grande responsabilidade para o atleta português.

 

Um digno e genuíno sucessor do malogrado Joaquim Agostinho.

 

Assim, só posso desejar: boa sorte Rui!

 

 

 

Cem “Tour de France”!

 

Iniciou-se no passado sábado uma das mais emblemáticas provas desportivas do Mundo: a Volta à França.

 

Este ano na sua bem idosa centésima edição.

 

Envolta em brutal polémica, especialmente devido às declarações de Lance Armstrong e da impossibilidade de se vencer o “Tour” sem recurso ao dopping, esta prova é, ainda assim, um exemplo do esforço, da coragem e acima de tudo do espírito de sacrifício de um atleta.

 

Desta prova lembro-me com alguma saudade dos duelos entre o belga Eddy Merckx e Luis Ocaña, que nos anos 70 davam cor e brilho àquela competição. E de Joaquim Agostinho e da sua chegada aos Alpes D’Huez. E de tantos outros enormes ciclistas que evoluíram nas estradas gaulesas para alegria de milhares de apaixonados do ciclismo.

 

Todos os anos nesta prova, ascendem ao lugar de vedetas novos corredores, mas nenhum deles apresenta a excelência dos antigos atletas, que com máquinas muito mais pesadas, subiam e desciam os íngremes Alpes ou os Pirinéus com garra e carregados de coragem.

 

Todavia, e independentemente das facilidades colocadas hoje ao dispor dos ciclistas, o “Tour de France” é ainda assim uma prova profundamente dura e carregada de surpresas onde a tenacidade, o esforço, a alegria da vitória ou a tristeza de uma derrota ainda têm imenso valor humano.

 

Um exemplo para muitos atletas nomedamente do futebol, principescamente pagos!

Mais sobre mim

foto do autor

Posts mais comentados

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D