Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

As minhas couves estão assim

No passado dia 11 de Setembro escrevi e mostrei aqui o trabalho daquele tão célebre dia. Ora... mês e meio depois achei que deveria mostrar a evolução daquela plantação.

Mais um bocadinho de tempo e estarão prontas para ir para a panela.

couves_outubro.jpg

Falta-lhes, no entanto, o frio e aquelas geadas que as cozerão e lhe darão aquele gosto tão rico e saboroso.

A gente lê-se por aí!

Dióspiros do meu quintal!

Vivo no meio de uma grande cidade, mas ainda assim tenho o grato previlégio de ter um pequeno quintal do qual já mostrei algumas imagens, especialmente das minhas plantações.

Não sendo grande todavia residem nos pequenos nacos de terra sete árvores de frutos, a saber: duas laranjeiras, dois limoeiros, um pessegueiro, uma ameixeira e um dióspireiro. E já nem falo dos morangueiros, das framboeseiras, maracujás ou fisális.

O Verão começou com as ameixas para logo a seguir começaram os pessegos. Entretanto uma das laranjeiras está carregada, assim como os limoeiros.

Só que o dióspireiro este ano carregou de forma generosa. Porém o vento fez o favor de deitar centenas de pequeníssimos frutos ao chão. Sobraram umas dezenas que já começaram a amadurecer e a cair.

Não imagino quantos já se terão apanhado e caídos de maduro. Por isso achou-se que seria melhor apanhá-los ainda da árvore antes que caiam todos.

Ainda por cima com a chuva que se prevê para este fim de semana.

Ficam as fotas de um fruto que só se pode comer muuuuuuuuuuuuuuuuuuuito maduro.

20201001_182314.jpg

20201001_182321.jpg

 

 

 

 

O meu 11 de Setembro!

Há 21 anos estava eu em Barcelona. Era sábado e sendo este o dia Nacional da Catalunha a cidade condal estava toda engalanada. Ainda por cima jogavam o Barcelona e o Espanhol, duas equipas daquela região espanhola. Neste mesmo dia o meu pai em Portugal partia o tornozelo após ter caído de um escadote.

Há 19 anos estava eu num curso intensivo de inglês numa quinta que a entidade onde trabalhei tinha para o efeito, quando após o almoço assistimos em directo à derrocada das torres gémeas na cidade que nunca dorme. Momentos impensáveis e tristemente inesquecíveis.

Há anos a cidade, onde resido habitualmente, tornou-se neste mesmo dia sede de concelho. Por isso hoje aqui é feriado municipal.

Há horas nesta mesma morada dois homens dedicaram-se à agricultura. Após os tomateiros que já não existem foi a altura para cavar a terra e plantar uma centenas de pés do couve "Penca de Chaves", uma dúzia de bróculos, lombardo, galega e couve flor.

Quintal_1.jpg

quintal_2.jpg

quintal_3.jpg

Há dias assim... inesquecíveis!

Pelas melhores e piores razões!

Junho - mês das colheitas!

Hoje lembrei-me de ir ao meu sotão (mais um) e tirei uma foto alargada do meu quintal. Pecebe-se pouco o que lá está plantado, mas acreditem mesmo pequeno aquilo dá um trabalhão...

Quintl_.jpg

Da parte de cima temos as curgetes, tomateiros, alhos e algumas cebolas. Para além de uma pequena laranjeira, um limoeiro e um diospireiro.

Da parte de baixo... framboesas, algumas couves galegas que suportam as framboeiseiras, morangueiros, abóboras que nasceram espontaneamente, feijão e mais cebolas. De árvores há outro limoeiro, uma laranjeira e uma ameixeira. Esta última carregou com força. De tal forma que apanhei ameixas para um batalhão.

frutos_sexta.jpg

Não imagino quantos quilos de ameixas estarão nesta foto, mas esta foi a terceira apanha... neste mês.

Ontem antes que a noite caísse sobre o meu quintal consegui isto,

frutos_hoje (1).jpg

Quatro curgetes enormes, feijão verde que dará para uma belíssima sopa e uma pequena caixa de... ameixas.

Não tarda nada estão aí os tomates...

Um dia brando!

A manhã aordou cinzenta. Um capelo de nuvens dava a sensação de querer chover.

Se o quintal agradeceria umas pingas de água, já a ameixeira não estaria tanto de acordo.

Após o pequeno almoço eis-me em cima da árvore de fruto e m busca das ameixas mais maduras ou não o estando iniciavam a abrir, sinal que cairiam brevemente.

Apnahei umas 5 caixas, coisa pouca tendo em conta a carga que a árvore tem.

ameixas.jpg

Depois foi apanhar as curgetes... Nesta última semana não exagerarei se disser que já apanhei mais de vinte quilos deste legume, que tenho distribuído pela família, mas congelado a maioria delas.

Neste momento o meu quintal mais produtivo tem este aspecto.

curgetes_grandes.jpg

Nesta foto pode-se constatar que os tomateiros estão bem crescidos, mas curiosamente são os mais pequenos que já têm tomates. Ainda muito verdes, obviamente.

A experi~encia de outros anos diz-me que de um dia para ooutro vão surgir pontos vermelhos espalhados por esta cultura

tomateiros.jpg

No fundo é para isso que trabalhamos o ano inteiro. 

Entretanto o maracujaleiro já se apresenta com seis frutos. Para a primeira vez, não está mau!

maracujás.jpg

Ainda cairam umas pingas de um chuva mansa que nem chegou para molhar o chão!

Agricultura na cidade!

Prometi ao Último que um destes dias viria aqui falar da minha horta. Um espaço relativamente pequeno (e ainda bem!), mas que ainda assim dá muito trabalho mantê-lo em condições aceitáveis.

Aproveitei então esta manhã de sol tornando o ar tépido e acolhedor para tirar algumas fotos do estado em que estão as culturas e de algumas árvores.

Comecemos pelo cebolo que já ganhou altura preparando-se para que as folhas comecem a secar. Este ano plantei menos até porque em anos anteriores as cebolas acabaram por grelar e deitei muitas fora.

20200418_103721.jpg

Logo a seguir semeei, no passado dia 19 de Março, uns poucos feijões. Durante umas semanas as sementes não deram sinal mesmo após algumas regas. Mas foi a água da chuva dos últimos dias que deu força e empenho aos feijoeiros. Mesmo ao lado foram plantadas umas alfaces. Todavia a sombra de um limoeiro retira-lhes alguma luz.

20200418_103900.jpg

No leirão de cima do quintal surge a parte maior. Durante o final do Verão, todo o Outono e Inverno este pedaço de terra esteve repleto de couves brancas, mais conhecidas pelas Pencas de Chaves. Só que entrando a Primavera é tempo de mudar de cultura e eis que surge a plantação de tomateiros e curgetes. Se os primeiros começam a ganhar força, as primas dos pepinos estão fracas. Tudo porque após a plantação caiu uns dias frios que as arrepiou. Aguardam-se agora os dias mais quentes de forma a ganharem estaleca.

20200418_103928.jpg

curgetes.jpg

Termino com a minha primeira vez com alhos. Jamais os havia semeado. Aparentemente estão com bom aspecto... Veremos!

alhos.jpg

Termino com as imagens de umas ameixas e das laranjas ainda mui pequenas. Um mimo!

ameixas_2020.jpg

laranjeira.jpg

Daqui a uns tempos voltarei aqui com novas fotos... Até lá confinem-se e fiquem em casa.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D