Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Política de vão de escada!

Não foi inocente só ter vindo recentemente a  público a estória de PPC e da Tecnoforma.

 

Parece que a denúncia, obviamente anónima, porque "é deles o Reino dos Céus", não teve fundamento e a montanha acabou por parir um rato. Todavia na mente dos portugueses este assuntto não morreu e ficará gravado para memória futura.

 

Curiosamente ou não amanhã há primárias no PS. Os debates televisivos dos candidatos em despique por um lugar no Largo do Rato foram um "flop". Conforme as tendências jornalísticas as vitórias foram assim apresentadas. Para uns ganhou Costa, para outros o vencedor foi Seguro. Todavia nesta última semana as atenções estavam todas viradas para o duelo PPC-Oposição no que respeita aos rendimentos do Primeiro-Ministro.

 

Desta forma desviou-se o centro das atenções para temas mais ou menos marginais, em vez de se centrar nas propostas dos futuros candidatos a PM, o que me leva a pensar que em política tudo é válido!

 

Pedro Passos Coelho tem claramente os dias contados como governante e desta forma a questão principal para os portugueses deveria ser: quem se seguirá? Mas ninguém tem a coragem de a formular... Porque será?

 

 

 

Vi e sinceramente não gostei!

Do terceiro debate entre Seguro e Costa.

Não vi os debates anteriores, mas li alguma coisa sobre eles. Ao que parece no primeiro ganhou o actual líder do PS, já no segundo a vantagem foi para o presidente da edilidade lisboeta.

Do debate de hoje destaco a continuada troca de acusações entre ambos, sem que isso trouxesse alguma luz à discussão. Ideias? Poucas ou quase nenhumas... As mesmas acusações, a mesma retórica, a mesmíssima falta de visão estratégica para o futuro de um país falido.

Enfim, como podem estes nomes serem responsáveis por um governo democraticamente eleito? Com qualquer um deles, sem excepção, o Partido Socialista acabará por se afogar nos seus próprios erros, dando com isso força a uma direita demasiado tecnocrática e subserviente aos interesses europeus e esperança a uma esquerda muito ortodoxa mas profundamente fiel aos seus princípios.

Ainda assim creio, contrariamente ao que já ouvi dizer sobre este debate, que Seguro pareceu-me mais calmo e sereno e senhor de si. Coisa muito rara em tal personagem!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D