Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Definitivamente estou infectado!

Não, não se preocupem que não é o vírus chinês. Tadinho do bichinho... não lhe queiram mal...

Sinto-me todavia sintomático de boa disposição, alegria, vontade de regressar rapidamente ao mundo exterior.

Estou também carregadinho, até aos ossos, de esperança em dias renovados.

Sinto-me por isso vacinado contra o desespero, a tristeza e a dor da distância.

Finalmente comunico que estou profundamente infectado de uma força da Natureza a que se chama… vida!

Cuidem-se.

A gente lê-se por aí!

Máscaras: sim ou não?

Tenho lido e escutado diferentes opiniões sobre o uso de máscaras durante este tempo de pandemia.

Oiço doutas personagens que afirmam a pés juntos que a máscara só serve aos infectados de forma a não alastrarem o vírus. Logo a seguir leio um especialista que afirma sem rebuço que as máscaras deveriam ser usadas por todos.

Ora bem para o comum dos mortais, como eu, fico na dúvida se devo ou não usar aquele estranho acessório…

Para já não estou a usar. Primeiro porque só saio de casa para ir ao pão e mesmo nesta deslocação é a minha mulher que sai do carro… Segundo… falarei abaixo!

Assim quando tiver que sair de casa seja for desconfinamento ou por um motivo de força maior, desconfio que não irei usar a dita máscara, porque:

- nenhuma delas dá com o meu tom de pele;

- não fazem “pandam” com as minhas gravatas nem com a minha restante roupa,

- receio ser confundido com alguém que não gosto.

Portanto eu só vou usar máscara… por decreto!

Isto está a complicar-se...

Isto do confinamento começa a apresentar os seus efeitos secundários e que parecem ter alguma gravidade, a saber:

- Não sei a quantos estamos do mês de Março;

- Começo a ter vontade de passar a ferro;

- Deixei de tentar perceber o dia da semana;

- Já iniciei a fazer uma trança com o meu cabelo;

- Aqueles programas de fim de semana na televisão pública começam a tornar-se apetecíveis;

- Já vi 5 vezes todas as temporadas da "Casa de Papel";

- Passei da página 50 do Ulisses de James Joyce;

- Principiei a comer pão com bolor;

- Já gastei uma fortuna em telecompras;

Por agora creio ser tudo...

Ah... vi três bezerros poisados na minha varanda!

Acham que devo ficar preocupado?

 

Está na hora de o chamarem!

Se este já longo processo de alastramento da gripe com origem no Oriente fosse um filme de ficção, já tinham surgido uma série de heróis imunes as todas as doenças e mais algumas, inclusivé a morte, prontos para salvar a humanidade.

Após muitas batalhas perdidas os humanos, com esse tal herói ao leme, acabariam por ganhar a guerra.

Só que não estamos num filme de Hollywood e os heróis verdadeiros, a existirem, chamam-se médicos, enfermeiros, bombeiros e demais pesoal médico que não podem ir para casa fazer teletrabalho.

No entanto quero deixar aqui uma ressalva para o último grande herói que quase sem querermos ou sequer darmos por isso, entrou em nossa casa e salvou-nos tantas vezes.

A figura que vos falo faz hoje precisamente 80 anos. Mas tenho a certeza de que a idade não será factor inibitório para que não consiga salvar o Mundo deste temor que à nossa volta se tem alastrado.

O dito cujo chama-se Chuck Norris e cada vez estou mais convencido que se ele tivesse sido convidado já teria dado cabo destes virus todos.

Portanto está mesmo na hora de o chamarem...

Chuck_Norris.jpg

Onde será?

Tenho por hábito ver as estatísticas dos meus blogues que a plataforma SAPO vai simpaticamente disponibilizando.

Não me preocupa a quantidade de visitas ou visualizações, mas gosto de perceber até onde chega aquilo que por aqui vou escrevendo. Somente por piada, nada mais.

Só que tenho notado que há um local que eu não conheço e que vai surgindo diariamente como origem das visitas.

Fica a pergunta: alguém saberá dizer onde fica a localidade assinalada na imagem infra?

nao_definido (2).jpg

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D