Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

“BESame mucho”

Estão a ver aqueles novelos de fios tão emaranhados donde querem apanhar uma ponta e não conseguem? Ou se conseguem mais à frente está partido e volta tudo ao início? Conhecem essa sensação?

Pois bem… esta é a ideia de que tenho sobre o caso BES/Novo Banco.

Com os novelos quando desistimos vamos à loja e compramos um novo. Este caso parece semelhante… Quando não se consegue perceber onde está o dinheiro… injectam-se mais uns milhões.

Na realidade creio que o caso BES é bem mais complicado do que se  julga e terá muita gente envolvida, cujo nome não pode ser denunciado.

Quem diz pessoas individuais, diz empresas, partidos, Associações e demais entidades que, a exemplo das pessoas singulares, não podem ser divulgadas.

Enquanto houver uma mínima escapatória legal nos nossos códigos de direito, nenhum dos culpados do que aconteceu ao Grupo GES será formalmente acusado.

Entretanto até lá o país vai enterrando dinheiro num Banco completamente falido e que nunca deveria ter sido salvo.

Era sistémico e com a sua queda caíra o país” pensarão alguns que lerem estas linhas. Poderia cair sim, mas não andaríamos agora a entregar rios de dinheiro a uma instituição que há muito deixou de ter credibilidade.

Novo Banco - e que tal um referendo?

Acho que era tempo do governo dar voz aos portugueses, em relação ao que pretende fazer com o Novo Banco.

Creio mesmo que seria de todo importante explicarem qual a verdadeira diferença, especialmente para as contas nacionais, entre uma venda a preço de saldo e uma Nacionalização.

Do meu lado por enquanto não tenho opinião. Primeiro porque não sou (felizmente) cliente do Novo Banco. Segundo porque ainda ninguém me explicou, tintim por tintim, qual o verdadeiro impacto nas contas e orçamento português com as diferentes opções.

É que isto de me tirarem todos os meses x dinheiro de impostos directos mais os indirectos para pagar buracos nos bancos, parece-me um tanto injusto.

Não bastou já o BPN e BPP? Não aprenderam nada como passado?

Façam lá um referendo à população sobre o Novo Banco e depois perante os dados da votação decidam.

 

Da noite para o dia...

Ontem adormeci cliente de um Espírito Santo completamente falido. Após as declarações do Dr. Carlos Costa, acordo hoje cliente de um Novo Banco, rico e repleto de pujança.

Será a isto que as Sagradas Escrituras se referim quando falam da "Boa Nova"?

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D