Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Outra mania com números!

A saga das minhas manias continua! 

Depois de ter aqui escrito sobre o meu gosto por números redondos ou curiosos, venho uma vez mais falar das minhas estranhas manias com números.

Por exemplo: nunca compro um número de alimentos ímpar... se vou ao pão se preciso de cinco carcaças... compro seis. Se quero 15 sardinhas... compro 16.

A excepção é feita com o número um! Não compraria dois pães de tipo alentejano ou mesmo saloio, até porque provavelmente estragar-se-ia algum deles.

Mas desde que seja acima da unidade... tem de ser par!

Não há volta a dar...

Rima e é verdade!

Mais um número redondo!

Tenho a estúpida mania dos números redondos e das capicuas. Antigamente guardava os bilhetes dos autocarros (muito antes dos Passes Sociais) que tivessem números capicuas. Parvoíces que ainda hoje mantenho. Agora já não bilhetes... mas há outras coisas.

Por isso hoje reparei que após ter publicado o texto da manhã percebi que o número de postais publicados neste blogue havia chegado aos 4000,

4000 postais.jpg

conforme se pode comprovar na figura supra.

Começo então a pensar que já escrevi muito. Que foram muitas horas ao computador, muitas ideias pensadas, muitos desejos adquiridos, demasiadas esperanças depositadas.

Todavia continuo a gostar de deambular por aqui. De escrever coisas umas desinteressantes, outras mais polémicas e ainda algumas que são verdadeiros atentados ao bom-senso!

Seja como for tudo isto sou eu, assente em 62 anos de uma vida vivida com a intensidade que pude ou que me deixaram.

Adoro escrever... adoro sentir que as palavras que esgalho possam fazer sentido a alguém. Mesmo que seja só a uma pessoa... já vale a pena andar por aqui!

A gente lê-se por aí!

 

 

Contagens que não entendo!

Nunca fui um brilhante aluno a matemática. Mas sei somar 2 mais 2. Que por vezes dá 5, mas só quando as contas estão erradas.

Avancemos…

Todos os dias os números trágicos de infectados e vitimas mortais desta pandemia cresce de forma assustadora. Notícias que preenchem telejornais em longuíssimos minutos .

No entanto ainda gostaria de perceber melhor as contas que nos apresentam. Há os casos activos, os em vigilância, os confirmados, os óbitos, os recuperados, os internados e os internados em UCI… Ufa!

No entanto se os recuperados e os óbitos não merecem, feliz ou infelizmente, qualquer dúvida, é nos outros que recaem as minhas dúvidas.

Por exemplo gostaria de saber quantos dos internados saem desses cuidados, quantos da UCI passam para enfermarias ou eventualmente para casa ou até falecem.

Ao invés vão dando números mais abrangentes, que receio não sejam os reais. No meu caso gostaria de perceber melhor os dados que nos indicam.

Mas pronto... isto sou eu a tentar complicar o que provavelmente até é fácil!

Números

Nunca percebi porquê mas gosto de dados estatísticos. É uma coisa minha e creiam-me que nunca estudei tal disciplina.

As estatísticas como (quase) ciência poderão, no entanto, exibirem alguma falsidade. Não nos números, que esses nunca mentem, mas na sua interpretação.

Um dos exemplos é a informação que hoje percebi na plataforma onde este espaço está alojado e que indica que já tenho 200 "reações".

Ora sendo este número algo redondo a verdade é que muitas das ditas reações são na sua maioria gestos muito simpáticos dos meus amigos leitores ou links que eu próprio faço para outros blogues onde escrevo.

Seja como for e a menos de um mês deste espaço completar mais um ano de vida aquele número até me enche um bocadinho de orgulho.

Já vos tinha dito que me contento com pouco?

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu livro

Os Contos de Natal

2021
2022

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D