Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Educação familiar: amar é preciso!

Um dos subtemas da educação das crianças chama-se disciplina. Se bem que a linha que separa disciplina do autoritarismo seja muito ténue certo é que, em bom rigor, a falta de fronteiras entre aquilo que se pode ou não deixar fazer aos miúdos e jovens, poderá descambar em situações irreversíveis.

Há uma série televisiva francesa, que vejo quando me lembro, que fala do problema dos menores (rapto, abuso sexual, violência doméstica). Não sei se aquela tem como base casos verídicos, mas dá para constatar que grande parte dos desvios das crianças começa na família e nos amigos mais próximos.

Reconheço por isso que infelizmente muitos pais… nunca o deveriam ter sido. Se não têm capacidade para gerirem os seus próprios conflitos internos como podem lidar com os problemas dos filhos?

Esta é uma triste realidade que todos os dias vamos dando conta através dos mais estranhos episódios.

Ser criança ou adolescente hoje em dia não parece fácil. Nada mesmo! Os milhentos estímulos que entram nas vidas das crianças, seja através da televisão mas essencialmente através da internet, tornam aquelas reféns e vítimas. O acesso absolutamente livre a conteúdos bizarros e estranhos pode levar às mais diversas atitudes, na maioria a copiar o que vêem.

Cabe por isso aos pais… disciplinar. Com critério, serenidade e acima de tudo com muito acompanhamento, carinho, atenção e amor (sentimento essencial!).

Candidatos a quê?

Vai iniciar-se mais um processo de candidaturas ao ensino superior. Uma etapa obrigatória para quem deseja entrar numa faculdade e obter um curso superior.

No meu tempo de juventude poucos foram os que seguiram para as faculdades. A maioria, assim que terminou o ensino secundário, ingressou no mercado de trabalho.

Sei também, por experiência própria, que naquela altura a exigência de grandes estudos por parte das entidades patronais era bem menor. Actualmente aquela visão seria impensável.

Há no entanto, neste processo, algo que me faz pensar alto e que se prende com a quantidade de vagas e de cursos disponíveis. É que bem feitas as contas são mais de 50 mil vagas para o ensino superior. Terá Portugal mercado laborar para acomodar estes futuros licenciados, daqui a uma mão cheia de anos?

Sei que muitos deles desistirão pelo caminho, mas seja como for ainda assim acredito que alguns milhares passarão a estar disponíveis para trabalhar daqui a pouco tempo. Sem qualquer experiência de vida, sem perceberem muito bem o que irão fazer, sem consciência do que é o mercado laboral.

Deste modo muitas empresas irão aproveitar-se de uma série de jovens, ávidos de ganharem uns tostões, sem todavia perceberem muito bem onde se meteram.

Resumindo, estes estudantes que amanhã se irão apresentar a concurso, serão verdadeiramente candidatos a quê?

Mais sobre mim

foto do autor

Posts mais comentados

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D