Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Que dias estes...

... Que inundaram a cidade de Lisboa. Um céu plúmbeo, uma espécie de chuva tão miúda que mais parece pó, uns dias tão negros que não se distingue a manhã da tarde.

Eu gosto de chuva! Não isto!

Finalmente o frio!

Gosto destes dias de sol e frio no Inverno.

Da lareira acesa de lume crepitante e acolhedor. De um resto de castanhas assadas devidamente acompanhas com uma geropiga saborosa.

Gosto destas tardes invulgarmente calmas.

De ler o que resta de um livro há muito começado. De escrever estas palavras só porque sim. De um almoço tardio mas reconfortante.

Gosto destas sensações de paz interior que nem sempre sinto.

Dias de Inverno

Gosto destes dias assim frios e chuvosos. Dão bem com o meu conhecido mau feitio.

Mas é tempo dela. E os nossos campos tanto que necessitavam desta água!

 

Adoro estes dias cinzentos. Dão bem com o meu espírito muitas vezes tristonho.

Estamos em época de chuva. Que lava as estradas mas não as línguas.

 

Sinto-me feliz no meio da intempérie. Porque a água é sinal de vida.

Estes são os meus dias de Inverno.

Alva manhã

As últimas manhãs têm sido de uma brancura surpreendente. O orvalho que desce sobre os campos acaba por gelar tudo à sua volta..

As couves brancas e velhas da horta cozem-se melhor, enquanto as novas sofrem com a friagem das noites. Todavia a erva daninha resiste estoicamente.

Tal como na vida nem tudo o que é branco é sinal de pureza.

 

branco_gelo.jpg

 

Brrrr! Que frio...

De novo na aldeia. Mas desta vez com frio. Muito frio...

Curiosamente este tempo quase polar, aqui nestas paragens nem parece ser tão rigoroso como se fosse na grande cidade.

Não sei se é da proximidade do mar ou de outra coisa qualquer, certo é que por lá o frio é mais agreste.

Aqui acendeu-se logo a lareira que ainda arde com fervor.

E este tempo pré-natalício de frio e lareira acesa recorda-me outros tempos.

O que vai valendo é que não há vento, doutra forma nem se podia andar na rua!

Pensamentos vagos

Começou a estação do Inverno.

 

Foi um sábado muito frio mas soalheiro. 

 

A partir de hoje os dias vão começar a crescer até ao equinócio de Março.

 

Mas como gosto de chuva faltou essa água benfaseja para alegrar o meu fim de semana.

Mais sobre mim

foto do autor

Posts mais comentados

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D