Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Uma mulher às direitas

O país politico está a partir de hoje mais pobre com o desaparecimento da antiga deputada do PCP Odete Santos.

Não estando eu, politicamente falando (andei há muito tempo por outras esquerdas), no mesmo patamar da ora malograda militante comunista, ainda assim nutria por esta beirã radicada em Setúbal uma genuína simpatia. E porque não dizê-lo enorme admiração.

Recordo muitas das suas polémicas, mas assertivas intervenções parlamentares, que deixava muitos dos seus adversários políticos quase sem resposta. Dona de uma refinada ironia era fiel aos seus princípios ideológicos dos quais jamais abdicava.

Partiu hoje aos 82 anos de idade uma mulher às direitas!

É tempo agora de finalmente poder descansar... em paz!

Jane Birkin: a voz do nosso imaginário!

Sou do tempo em que o sexo era considerado algo demoníaco. Actualmente passámos para o oposto e aquele é tão corriqueiro e tão banal que quase deixa de ter piada.

Entretanto morreu ontem Jane Birkin. É a vida... já que ninguém é eterno.

Lembrei-me então da canção de Birkin e que deixava os rapazes meio tontos e com a imaginação e as hormonas aos saltos. Não imagino as meninas do meu tempo como ficariam...

Independentemente de tudo o que possam dizer é uma fantástica música, excepcionalmente bem interpretada.

Faz muuuuuuuuuuito tempo que não a escutava.

Imperdível!

 

Simply the best!

Tina morreu hoje na sua casa na Suiça. Para enorme tristeza minha já que nunca a vi actuar!

A minha primeira recordação de Tina Turner remonta aos anos 70 quando a vi como Acid Queen na ópera rock Tommy. Uma memória que jamais esqueci e que alertou os meus sentidos para a sua música.

Durante anos comprei cd´s atrás de cd´s da malograda cantora. A "Miss Legs" deixou uma marca na música e no espectáculo. Ninguém ficava indiferente à cantora. A sua poderosa voz encheu muitos corações. Foi uma verdadeira rainha do Rock'n'Roll.

Custa-me escrever sobre ela porque ela era "Simply the Best"!

 

Le Roi est mort! Viva Pelé!

Após a morte neste ano de 2022 de Isabel II, que terá sido a rainha de todo o Mundo, eis que parte agora Pelé o Rei de todo o Mundo do futebol. Quer gostassem ou não... Edson do Nascimento era o Rei

Este jogador e campeão Brasileiro mostrou ao Universo que para se ser Rei não é necessário colorir o sangue de anil.

Basta ser humilde. Como ele sempre foi!

Morreu hoje a referência exemplar e maior do futebol. Como cantou o seu conterrâneo Chico Buarque "Mirem-se no exemplo..."

Que descanse em Paz.

Morreu a Rainha do Mundo!

Independentemente da preferência de regime que cada um de nós tenha é certo que agora falecida Isabel II de Inglaterra era a Rainha de todo o Mundo.

Já não era uma criança e dificilmente um monarca reinará tantos anos como ela reinou.

Entretanto pelo seu jubileu escrevi isto: "Resiliente, mas outrossim “brave”! Austera, mas também sensata! Pequenas “qualidades” que raramente vemos nos lideres políticos."

Hoje entra directamente para a estante da nossa memória.

A todos os meus amigos monárquicos um forte abraço neste momento menos bom da vida Real.

E agora como disse Charles VII, "The Queen is dead, long live the king!

Eunice!

Vi uma única vez Eunice Muñoz actuar. Foi no teatro Politeama com a peça "A Caso do Lago" que nos anos 80 Henry Fonda e Katharine Hepburn imortalizaram no cinema. Como costumava dizer: para ver Eunice nem que seja a fazer o pino, pois fa-lo-á melhor que todos os outros actores.

No entanto há no falecimento de Eunice uma irónica ou será estranha coincidência, ao perceber que a deusa do teatro morreu a uma Sexta-Feira Santa.

Naturalmente que Eunice não ressuscitará no próximo Domingo de Páscoa, mas pegando no simbolismo destes dias, especialmente para os católicos, a verdade é que toda a vida que a malograda actriz entregou ao teatro irá, sem dúvida, vencer a morte do esquecimento.

Eunice Muñoz ficará para sempre no coração de todos os portugueses.

 

 

A morte espreita-nos!

A morte é sempre o fim da linha para alguém, acontecendo a qualquer um de nós e em qualquer idade. Mas como disse certa vez a minha avó “mais vale morrer novo que velho”.

Até há uns tempos ainda não tinha percebido o alcance daquela frase proferida pela minha antecessora. Até que a vida mostrou-me a evidência.

Tudo isto para dizer que hoje faleceu um Padre em Lisboa. Conheci-o ainda novo, aqui na paróquia onde resido. Depois foi para Roma para mais tarde ser colocado numa paróquia de Lisboa, para além de outras actividades ligadas ao Patriarcado.

Hoje a fé perdeu um exemplo na Terra, mas ganhou-o no Céu onde estará certamente a velar por todos nós.

Dizia este padre que ria do cancro que o estava a consumir e acabaria por o levar aos 51 anos, porque certamente de outra forma já teria morrido.

Foi sempre um exemplo de coragem, tenacidade, força de viver e mais que tudo aceitação!

Que descanse em Paz!

Menos uma "pedra rolante"!

Há gente que nunca devia morrer. Charlie Watts deveria ser um deles! Especialmente por tudo o que deu à música.

Vi-o actuar em 1990 em Alvalade num concerto memorável e do qual guardo religiosamente o bilhete de ingresso.

Já perdi o número de vezes que escutei Rolling Stones, mas aquela bateria soa sempre como um destaque inesquecível.

Tinha 80 anos! Que descanse em paz!
E mais não sei dizer!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu livro

Os Contos de Natal

2021
2022

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D