Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Aos seus lugares!

Estamos a um par de anos das eleições presidênciais e já há nomes (quase) certos.

Fala-se de Santos Silva ou Guterres por parte do PS, enquanto temos já perfilado Marques Mendes do lado do centro direita. Haverá obviamente outros de menor relevância como Santana Lopes ou Passos Coelho. Diria que este último estará muito longe de Belém até porque o povo ainda não esqueceu os anos de tróica... Mesmo que muitos analistas, alguns insuspeitos, assumam que Passos Coelho foi um homem de coragem, todavia repito o povo não esquece! Quanto a Santana Lopes creio ser apenas uma vontade antiga mas irrealizável!

Portanto de todos os que já li como protocandidatos o Dr. Marques Mendes será aquele que já está a fazer campanha.

Mais um político que aproveitou o tempo que a televisão lhe concedeu como comentador para entrar em casa de muitos espectadores.

No que concerne a presidênciais o PS tem dado alguns tiros no próprio pé na escolha de candidatos. Recordo que Santos Silva foi muitos anos o braço "armado" de José Sócrates. E se o povo não esquece PPC, também não esquecerá o actual Presidente da Assembleia da República e a sua ligação ao ex-PM. Portanto sobra António Guterres que tendo em conta o cargo que ainda exerce na ONU e a sua idade actual, 74 anos, não me parece o trunfo ideal para o PS.

Entretanto Luís Marques Mendes vai fazendo a sua parte! E pelo que me disseram... bem!

Da Beira Baixa para o Mundo!

Tudo parece indicar que António Guterres será o próximo Secretário-Geral da ONU. Mesmo contra alguma campanha feita especialmente pelos países de Leste da Europa que apresentaram à última hora candidatas femininas que ninguém conhecia.

Factualmente o ex-Alto Comissário para os Desalojados ganhou tanta dianteira aos outros adversários que dificilmente perderá hoje a eleição. Só um enormíssimo volte face, que não surge no horizonte como possível, poderia retirar àquele a vitória.

A verdade é que ao contrário do que li por aí não vai ser o “Clube de Bilderberg” a impor a sua vontade (leia-se candidato!). Provavelmente será a Igreja Católica a fazer valer os seus pergaminhos, já que António Guterres sempre se assumiu como católico. Para Portugal será uma honra ter um português a presidir à maior Organização Mundial intergovernamental. Para o antigo Primeiro- ministro luso será o topo de uma vida política muito activa. Para a Beira Baixa o auge de ter um Beirão à frente dos destinos da ONU.

Há somente um singelo senão com Guterres e que tem a ver com as contas que ele faz. Lembram-se disto?

 

 

Candidato a… candidato!

 

A notícia correu os jornais vai para alguns dias: António Guterres quer-se apresentar como candidato da esquerda à presidência da República nas próximas eleições. E disso parece ter já informado alguns dos antigos, actuais e provavelmente futuros dirigentes socialistas

Para mim esta divulgação não é uma notícia, já que vai para alguns tempos que o antigo líder do Partido Socialista e ex-Primeiro-Ministro se vem “mostrando” à sociedade portuguesa.

Só que Guterres foi um dos (muitos) responsáveis pelo descalabro das nossas contas públicas que redundou na actual situação que ora sentimos. Não me esqueço o perdão de muitos milhões à Região Autónoma da Madeira (talvez seja a hora de cobrar o favor a Alberto João?...) entre muitos outros actos e contas realmente duvidosas. Muitas destas (más) decisões foram já assumidas pelo próprio numa “mea culpa” pública.

É certo que dentro do PS não há, nesta altura, ninguém que possa fazer frente ao ainda Alto-Comissário das Nações Unidas para os Refugiados. Mas fazer dele já um candidato que envolva a esquerda parece-me ser um passo maior que a perna.

Primeiro porque a esquerda radical não se revê neste candidato. Católico, dialogante, pouco dado a clivagens políticas, Guterres é a antítese do que pretende o PCP ou o Bloco de Esquerda ou até o Livre. Tudo partidos apologistas de presidentes muito interventivos a seu pedido.

Por outro lado ao Partido Socialista não lhe convém estas manobras de apalpação eleitoral por parte de eventuais candidatos, tendo em conta o futuro sufrágio interno com resultados ainda (muito) incertos.

Assim Guterres é apenas e só um candidato a… Candidato.

Até ver!

Mais sobre mim

foto do autor

Posts mais comentados

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu livro

Os Contos de Natal

2021
2022

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D