Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Eles "andem" aí... outra vez!

Parece que a equipa  do "Desafio de Escrita dos Pássaros" está de regresso para novos desafios de escrita.

Fica assim a questão: quem ousa repetir?

Como calculam eu já apresentei a minha declaração de interesses que foi simpaticamente aceite e a minha cabeça já está ferver por causa do tema do início da terceira temporada (até parece uma daquelas séries americanas!!!).

Portanto quem conhece já sabe ao que vem. Quem não conhece ouse participar, que tenho a certeza que irá gostar.

Visitem o blogue e se tiverem dúvidas perguntem.

Bora lá?

Uma alegria nunca vem só!

Ontem aconteceu algo com os meus blogues que foi inédito: então não é que ambos os blogues tiverem direito a estarem no top 10 dos blogues mais comentados?

Em bom rigor até poderia dizer 3 porque também escrevo umas coisa no "És a nossa fé", mas o postal não foi meu e deste modo só dou quitação dos meus blogues.

mais_comentados.jpg

Deste modo não me canso de agradecer a quem tão simpaticamente aqui vem deixar uma palavra que a leio sempre um estímulo para continuar a escrever!

Hoje, nem sei bem porquê, senti-me muito contente. Ou como escrevi no título: uma alegria nunca vem só.

A gente lê-se por aí!

Este e o outro lado!

Quem aqui vem saberá que tenho outro blogue criado há uns anos e somente para a escrita mais elaborada (detesto a expressão "escrita criativa").

Até Setembro de 2019 este meu outro blogue era pouco visitado e comentários quase nem existiam. No entanto com o desafio de escrita dos pássaros, que teve direito a suas séries e agora com o recente desafio da escrita da "caixa de lápis de cor", para além dos sempre simpáticos e estimulantes desafios da abelha Ana e de outros que entretanto foram surgindo, aquele espaço passou a ter alguma interacção com os leitores e comentadores.

A prova do que digo é o prémio que recebi hoje, ao perceber de forma puramente casual que na pasta dos comentários referentes àquele blogue já havia chegado aos primeiros quatro dígitos.

Obviamente que em comparação com este espaço é muitíssimo menos, mas seja como for é um marco que pretendo registar.

Obrigado assim a quem lá foi botando comentários. 

Eis aqui a prova:

Estat_JX_LAB.jpg

Os lápis de cor... acabaram-se!

Alguém tem um branco?

E pronto o desafio de escrita da "caixa de lápis de cor" chegou ao fim.

Deveriam ter sido doze os exercícios, como manda a "sapatilha", porém achou-se que uma dúzia deveriam ser treze para neste número enfiarem o Branco. A exemplo daquilo que acontecia no velhinho Mercado da Ribeira em Lisboa, que eu frequentei em rapazola sempre como ajudante do meu pai e onde uma dúzia nunca correspondia a doze... Outros tempos!

Posto isto é a hora de jamais olvidarem uma visita aos locais infra referidos. Ponho as mãos no lume por todos, sem risco de me queimar, pela grande qualidade dos textos que irão aparecer.

Ora eis o rol:

Fátima;

Concha;

A 3ª Face:

Maria Araújo:

Peixe Frito:

Isabel:

Luísa De Sousa:

Maria:

Ana D:

Célia;

Charneca Em Flor;

Miss Lollipop;

Ana Mestre;

Ana de Deus;

Cristina Aveiro;

bii yue;

João-Afonso Machado;

Marquesa de Marvila;

Olga Cardoso Pinto

e este pobre que assina estas palavras!

Aqui!

Quero terminar com um agradecimento muito especial e sincero à promotora deste desafio e a todos quantos se maçaram em ler e comentar.

Bem-hajam!

Hoje foi um dia primaveril...

... Tudo por causa de um tal verde-água (mas a água não devia ter cor pois não?).

Pronto já sabem do que estou a falar. Chega a quarta feira e a blogosfera fica toda colorida. Esta semana de um tal verde...

Já li tudo e asseguro-vos que há textos fantásticos e que não devem perder.

Segue agora a lista dos pintores:

Fátima;

Concha;

A 3ª Face;

Maria Araújo;

Peixe Frito;

Isabel;

Luísa de Sousa:

Maria;

Ana D.;

Célia;

Charneca Em Flor;

Miss Lollipop:

Ana Mestre;

Ana de Deus;

Cristina Aveiro;

bii yue;

João-Afonso Machado;

Marquesa de Marvila:

e a mais recente chegada da

Olga.

Ah eu também escrevi qualquer coisa... Nada de jeito! Está aqui.

Dia Mundial da Poesia!

Hoje comemora-se o dia dedicado a uma das mais belas formas de escrita: a poesia.

Há muitos anos ouvia-se com regular frequência que Portugal era um país de poetas. Nunca percebi o verdadeiro sentido desta expressão. Mas isso agora já não é relevante.

Porém reconheço que desde Camões até agora existiram e existem ainda, no nosso país, poetas fantásticos. Nem vou nomeá-los porque seria fastidioso e eu tenho mais que fazer...

Há quem diga que os poetas escrevem com o coração, outros com a alma. Eu acho que eles escrvem todos com as mãos.

Mais a sério gosto muito de poesia. Por isso deixei-as de publicar aqui e passei-as para outro local quando por vezes me julgo outrossim um iluminado e ponho-me a escrever uns versos. Mas saem sempre coisas, na sua maioria bizarras e mal construídas.

Mas teimo, teimo e teimo. Pode ser que assim um dia saia algo de louvável.

Entretanto neste dia não se esqueçam de ler poesia. De preferência da boa!

Desafio... ainda mais colorido!

Há quem use a popular expressão verde de raiva quando as coisas não correm bem. Inclusivamente nas aventuras de Astérix, o Gaulês, Uderzo pintava sempre de verde a personagem enraivecida.

Mas não é de BD que venho falar, mas tão somente daquele exercício de escrita semanal, onde as cores são o tema ou o mote, como lhe queiram chamar...

Esta semana andamos todos muito amarelados... Eu inclusivé! Não sei se é deste Sol que ultimamente nos tem aquecido, a verdade é que a icterícia é esta semana a supimpa cor!

Para se ler aqui...

FátimaConcha, 3ª Face, Maria AraújoPeixe FritoIsabelLuísa de Sousa, Maria, Ana D., Célia, Charneca Em Flor,, Miss LollipopAna MestreAna de Deus, Cristina Aveiro, bii yue, João-Afonso Machado, Marquesa de Marvila  e este que se assina nesta chafarica.

Não se esqueçam do comentar...

Vida de reformado... é duuuuuuuuura!

Desde que estou reformado que os meus dias estão cada vez mais ocupados. Ainda não percebi como as coisas cá em casa andaram sem a minha permanente presença.

Mais a sério diria que aquilo que durante muito tempo fui adiando, ou porque não tinha tempo ou essencialmente porque não me apetecia fazer, veio agora preencher os meus dias.

Se juntarmos a tudo isto a minha neta que vem logo de manhã para sair à tarde, a minha sogra que é outra criança (quiça pior!) e requer por vezes uma atenção redobrada, diria que sobra-me unicamente a noite para ler e escrever.

Por tudo só agora venho aqui avisar os meus simpáticos leitores que há novidades nos blogues dos seguintes autores:

Concha,

A 3ª Face

Maria Araújo,

Peixe Frito,

Isabel,

Luísa De Sousa,

Maria, 

Ana D.,

Célia,

Charneca Em Flor

Miss Lollipop

Ana Mestre 

Ana de Deus

Cristina Aveiro

bii yue

João-Afonso Machado

e na

Marquesa de Marvila

Ainda na continuação do desafio da caixa dos lápis de cor!

Visitem aqueles espaços que não se irão arrepender.

Qualidade garantida!

Porque eu posso!

A Fátima do blogue "Porque eu posso", no âmbito das comemorações do sétimo aniversário do blogue, instigou-me a escrever sob o mote que dá título ao seu espaço, o que agradeço sinceramente.

Entretanto demorei algum tempo até encontrar esta minha estória de vida!

 

Naquele final de Janeiro era frequentes as filas de pessoas ao redor do Banco de Portugal, apanhando a Rua do Comércio, rua do Ouro e rua de S. Julião.

As filas com centenas de pessoas iniciavam muito antes das oito da manhã e por vezes, eram quatro da tarde e ainda havia por lá muita gente.

Saí para almoço já tarde e quando regressei, mais tarde ainda, aproximei-me de uma das portas de entrada. Alguém que estava na fila grita:

- Você vai entrar aí?

Como não pensei que fosse para mim aproximei-me mais da grossa grade de ferro de forma a pedir ao segurança que me destrancasse a porta. Só que a multidão ao meu redor começa a exceder-se e travam-me a entrada:

- Você vai entrar aí? – repetiram a pergunta.

- Sim – respondi – e depois mostrando o cartão da casa devolvi - porque eu posso!

 

Também aqui.

Vou ali e já volto

Hoje provavelmente não devo chegar a tempo de escrever algo de jeito.

Uma viagem até à Beira Baixa e o seu respectivo regresso obrigar-me-á a passar todo o dia fora.

Ainda por cima aproveito a deslocação e vou visitar os meus pais já vacinados. E idosos.

Deste modo, desculpem-me qualquer coisita e se tudo correr bem, como espero e desejo, terça já aí estarei para escrever mais umas parvoíces.

Fiquem bem e cuidem-se!

A gente lê-se por aí!

(Pode ser que consiga umas fotos!)

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D