Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Resposta mensal...

... a este desafio da Ana!

A Ana lançou a pista e eu só tenho de responder. E já estamos a meio de Fevereiro e ainda não disse nada sobre Janeiro.

Assim do mês passado:

  • recordo os 3 anos da minha neta. Uma luz que entrou na minha vida!:
  • a constatação de uma otite no ouvido esquerdo que quase me deixou surdo:
  • a leitura de um livro sobre fado que me deixou maravilhado!

Resposta nº 26...

... a este desafio da Ana

Tema: objectivos para o futuro

O meu primeiro objectivo para o futuro é tão simples como pedir para estar vivo no segundo seguinte. Mas mais a sério diria que o meu objectivo num futuro mais ou menos longo, quiçá menos, é poder publicar os livros que tenho em mente.

Valerão pouco para os outros, mas o suficiente para mim... É o que vale, não é?

A gente lê-se por aí!

Resposta nº 22...

... a este desafio da Ana

Tema: o teu percurso escolar

Tããããããããããão fácil!

De 1965 até 1969 andei na primária.

De 1969 a 1971 Ciclo Preparatório.

De 1971 a 1975 andei no Liceu Nacional D. João de Castro e mais tarde Liceu Nacional de Almada

De 1975 a 1979 Curso Complementar dos Liceus também em Almada.

E "prontes" acabou-se! 

Resposta nº 21...

... a este desafio da Ana

Tema: qual o conselho que preciso de dar a mim mesmo

Que questão chata, hem!

Então sendo eu já velho ainda tenho de receber conselhos, quando deveria dá-los? Mesmo que seja de mim mesmo!

Passando a brincadeira e pegando na pergunta de forma séria, diria que quando olho para o meu dia a dia e com quem me relaciono encontro uma ideia (chamem-lhe conselho!) que devo alimentar diariamente: paciência.

Ter paciência para os outros não é coisa de somenos, mas falta-me paciência para me aturar a mim!

O problema é que a tal de paciência não se vende numa qualquer drogaria de bairro, daquelas que cheiram a creolina logo que se entra e muito menos numa farmácia!

Paciência constrói-se, alimenta-se, treina-se.

Portanto a este que hoje se assina não haverá melhor conselho a dar a não ser: tem paciência!

Resposta nº 20...

... a este desafio da Ana

Tema: algo inspirador na 11ª imagem do teu telemóvel

Trovante.jpg 

Em Dezembro de 2017 assisti ao concerto, no MEO Arena, da banda na foto supra: Trovante.

Haverá algo mais inspirador na foto que estes músicos?

(A foto não é nada boa pois foi tirada de telemóvel, mas percebe-se Luís Represas a cantar e João Gil de guitarra na mão).

Resposta nº 19...

... a este desafio da Ana

Tema: uma carta para alguém

Ora viva Esperança,

faz muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito tempo que não escrevo uma carta. Nem de amor, desamor, amizade ou somente uma daquelas formais em que iniciamos com V.Exª.

Mas esta não vai ser nenhuma das anteriores.

Vamos ao que aqui me trouxe. 

Há uns dias lembrei-me de lhe escrever. Olho para dentro do meu espírito e fico a cismar como consegui chegar até aqui... Depois comento com os meus botões: não fosse a Esperança quiçá estivesse aí num qualquer buraco ou, quem sabe, morto.
Muita coisa mudou dentro e fora de mim desde que ganhei consciência. A juventude ficou lá atrás, longe muito longe dos dias que ora se desfiam. Palmilhei nesta vida de pobre de Cristo caminhos estranhos. Uns ínvios, tortuosos outros rectos e simples. Corri demasiadas vezes atrás de diversos sonhos para quase sempre agarrar desilusões.

Aceitei também desafios que vou tentando diariamente ultrapassar. Chama-se a isto simplesmente viver, não é?

Pronto... o tempo passou, mas a Esperança continua, não obstante tudo o que me aconteceu, a viver dentro de mim. Para sempre.

Gostei de a rever nem que seja através duma mera missiva e de uma lembrança, professora Esperança. Eu sei que nunca fui o seu melhor aluno, mas creia-me que sou aquele que mais se recorda de si!

Felicidades e saúde,

José

(Uma carta que eu gostaria sinceramente que uma certa professora lê-se!)

Resposta nº 18...

... a este desafio da Ana

Tema: escreve sobre o teu dia

Ui... que desafio complicado.

O que poderei dizer sobre o meu dia... tem tudo menos monotonia. Nada mesmo. Não obstante estar reformado tenho os dias muito preenchidos.

1 - Levanto-me todos os dias às 6 e 40 da manhã;

2 - Faço comida para a neta;

3 - Vou ao pão ou à fruta;

4 - Recebo a cachopa e toca a brincar;

5 - Dou-lhe de comer:

6 - Adormeço-a:

7 - Almoço enquanto ela dorme;

8 - Acordo a miúda e regressa a brincadeira;

9 - Dou-lhe a merenda;

10 - Sento-me já ao fim da tarde de portátil em punho;

11 - Regresso à escrita até tarde;

12 - Raramente me deito no mesmo dia em que acordei.

Nota final: nalguns dias há ainda consultas médicas e outros assuntos para resolver.

Resposta nº 17...

... a este desafio da Ana

Tema: escreve sobre o amor

- O amor é assim uma espécie de Covid19 que entra nas nossas vidas sem sabermos muito bem o que é ou como se instalou.

- O amor é uma roseira. Enterra-se na terra e ela pega de estaca para depois apresentar-nos a rosa mais perfumada e bonita do jardim.

- O amor é um rio que nasce de umas gotas de água oriundas do orvalho da manhã. São frias, límpidas e puras, para depois transbordarem as margens.

- O amor é um pêssego doce e saboroso que vamos trincando lentamente até mordermos o caroço e sentirmos dor.

- O amor é louco, parvo, insensato e doentio, mas por tudo isto é profundamente necessário.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu livro

Os Contos de Natal

2021
2022

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D