Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Dérbi!

A poucas horas de mais um derbi lisboeta e sendo eu um amante de futebol daqueles incuráveis, gostaria de pedir algumas coisas para este jogo:

1 - que as claques se portem e comportem à altura do desafio;

2 - que os adeptos puxem pelas suas equipas de forma ruidosa como é normal, mas sem usarem do palavreado baixo e vil que só ofende quem o profere;

3 - que os intervenientes mais directos joguem bem pois o futebol é, para além de um desporto, um espectáculo que se quer, de preferência, muito bom;

4 - que os árbitros apitem as faltas existentes e não aquelas que pensam ou imaginam que existiram;

5 - que os treinadores ousem!

6 - finalmente e sem quaisquer pruridos que ganhe o Sporting.

 

JJ em Conferência de Imprensa

Nos últimos dias falou-se e escreveu-se em demasia sobre as declarações de Jorge Jesus no que respeita à actual equipa do Benfica. Escutei alguns desses depoimentos e nunca percebi que JJ pretendesse menosprezar o trabalho do treinador adversário. Todavia percebo que alguns adeptos, treinadores e dirigentes não se sentissem confortáveis com o que disse Jesus. E têm razão!

No entanto toda a gente sabe como é o actual treinador do Sporting com as palavras. Enrolam-se de tal maneira na boca que quando saem já vêm... estranhas aos ouvidos dos comuns dos mortais. 

Na CI desta noite, após a vitória na Supertaça Cândido de Oliveira, JJ voltou a ser igual a si mesmo. Após muitas referências às conquistas desportivas da equipa adversária sob o seu comando, Jesus quase pareceu um antigo PM a fazer contas (erradas). Mas logo a seguir um jornalista acabou por lhe mostrar o erro.

Seja como for, a capacidade de encaixe do treinador leonino é surpreendente. Não se mostrou amofinado e continuou a falar como se nada tivesse dito de... anormal ou incorrecto.

Jorge Jesus tem uma maneira de se expressar pouco polida. Mas fala o "futebolês" como ninguém...

E o povo da bola (e não só!!!) gosta disso!

Uma final à moda antiga

O Verão foi pródigo em casos futebolísticos. Uns que saíram, outros que entraram. E o adepto a sofrer. Hoje joga-se a final da Supertaça entre o Sporting e o Benfica. Não me recordo de tanta ansiedade como este ano nos adeptos de ambos os clubes. A verdade é que ninguém ganha nada antes do jogo começar. E nada está garantido. Seja como for regressam os grandes jogos, os verdadeiros dérbis e os casos. Será esta uma final à moda antiga?

Só um esclarecimento (para os meus amigos “capelistas”)

Regresso ao tema do derby da segunda circular, numa tentativa, quiçá impossível, de explicar a alguns dos meus amigos "capelistas" a razão da tão justificada revolta dos sportinguistas. Mas abro aqui primeiro uma ressalva quase Lapalissiana: uma grande penalidade não equivale a um golo certo.

Adiante...

No decorrer dos longos campeonatos todas as equipas são alvos de erros de arbitragem. Umas vezes a favor, outras contra. Foi, é e será sempre assim. Todavia e ao contrário da justica, no futebol o árbitro é a ultima instância na decisão tomada, e para a qual não existe hipótese de recurso.

Mas estas são as regras deste desporto, claramente aceites por todos os intervenientes. Só que no jogo do passado dia 21 de Abril, o que mais me aborreceu não foram apenas os erros de arbitragem, prejudicando “inocentemente “ o Sporting mas a forma como Jorge Jesus reagiu no final do jogo.

É sobejamente conhecido a forma pouco ortodoxa de se expressar, do actual treinador do clube de Carnide. E foi essa postura que acabou por o trair. Ao afirmar que o jogo fora “limpinho”, Jesus apenas tentou, obviamente sem sucesso, branquear as decisões de um árbitro sem categoria e sem nível para ajuizar tal encontro.

Entendo que Jesus quisesse valorizar a vitória da sua equipa. Era justo e normal que o pretendesse. Mas digam o que disserem Jorge Jesus, para além de não conseguir os seus intentos, ficou (muito) mal nesta “fotografia”.

Diz o povo que “há mais marés que marinheiros”. Pode ser que um destes dias Jesus se limpe a este “guardanapo”, quando for prejudicado por alguma equipa de arbitragem.

Aguardemos… serenamente!

 

 

Também publicado aqui

Derby lisboeta - o futebol no seu melhor?

 

Na minha vida de adepto de futebol e do Sporting, já vi ene jogos entre Sporting e o Benfica e vice-versa. Com todos os resultados possíveis, com e sem golos, repletos e isentos de casos, plenos e vazios de alegrias.


 

Gosto contudo de debater, com o calor e elevação devidos, as vicissitudes dos jogos. Preferencialmente, se o meu antagonista for do rival da 2ª circular, uso de todo o tipo de acusações para invectivar o seu clube. Um “peditório” para o qual muitos ainda contribuem, sem perceberem que parte da minha conversa tem a única intenção de os fazer “ferver”. E dá-me incrível prazer vê-los ficarem verdes… mesmo que seja apenas de raiva!

 

 

Estamos em vésperas de mais um derby lisboeta. O Benfica necessita dos três pontos, este fim de semana em disputa, como de pão para a boca. O Sporting obviamente não está melhor, pois se não ganhar, hipoteca seriamente um eventual acesso à Liga Europa.

 

 

É como pensamento nestes pressupostos, que no próximo Domingo, ambas as equipas subirão ao palco da Luz para se defrontarem. O FCPorto a morder os calcanhares ao clube da Luz na luta para a liderança do campeonato e os outros adversários do Sporting, no apuramento para a Liga Europa, aguardam com alguma espectativa o que pode acontecer no relvado verde do Estádio do Benfica.

 

 

É lugar comum dizer-se que estes jogos são de tripla! Uma verdade insofismável. Mas faz muito tempo que não via tamanho entusiasmo por este derby olissiponense… Os adeptos do clube da águia percebem que se vencerem este desafio ficam com a auto-estrada aberta para o título, enquanto o clube de Alvalade ainda lutará (e muito) para se poder chegar à frente. Se a vitória sorrir aos leões a decisão do título passará claramente pelo Estádio do Dragão.

 

 

Uma palavra para os treinadores. Curiosamente nenhum deles tem a continuidade assegurada. E provavelmente este jogo poderá clarificar muitas dúvidas, quanto ao futuro próximo.

 

 

Independentemente de tudo o que se possa dizer e escrever, um derby na capital é sempre um momento de profunda emoção para os jogadores e acima de tudo para adeptos de ambas as equipas.

 

 

Que o jogo decorra sem incidentes, sem casos e com desejável desportivismo. Os atletas merecem e os adeptos necessitam. O futebol agradece.

 

E claro, que ganhe o Sporting… mesmo que não seja o melhor em campo! O que conta no final são os três pontos.

 

 

 

Também pode ler-se aqui

Mais sobre mim

foto do autor

Posts mais comentados

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu livro

Os Contos de Natal

2021
2022

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D