Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Uma coisa é certa...

Quem tem CR7, mesmo a jogar a passo, arrisca-se sempre a ganhar.

Quatro golos num jogo onde Portugal marcou cinco, mesmo que o adversário tenha sido a paupérrima Lituânia, é obra.

Cristiano Ronaldo é já uma lenda lusa. Ele é por assim dizer o Camões da bola. O Picasso do desporto Rei. O Ayrton Senna do futebol.

Mesmo que passem muitos e muitos anos será claramente difícil, se não impossível, algum atleta igualar os recordes que CR7 vai batendo a cada jogo que realiza.

Só irei verdadeiramente lamentar o dia que Ronaldo deixar de jogar futebol. Porque o arte dele será irrepetível.

Recado para CR7!

Desde que foste para Turim andei sempre intreressado na tua já longa carreira e por isso imagino que devas estar uma fúria.

Calculo que essa tua postura de campeão tenha levado um duríssimo golpe.

Prevejo que o prémio para o melhor do Mundo ficará novamente em Espanha.

Mas companheiro... já devias saber que nem sempre se pode ganhar!

E convenhamos... a Juventus hoje não jogou... um caroço!

REALmente o maior não está em MADRID!

Hoje ninguém quer saber de Brexit. Hoje em quase todo o lado só se fala e escreve sobre CR7. O menino que muito novo saiu da Madeira para vir para o Sporting, que o acarinhou e lhe ensinou os primeiros passos neste mundo do futebol.

Depois… bom, depois toda a gente sabe o que aconteceu. Títulos e mais títulos, a cada jogo era mais um record batido, quando era preciso CR7 estava sempre lá.

Quando no Verão passado trocou de península muitos "paineleiros especialistas” alvitraram que Ronaldo assumira a sua decadência. Até ontem à noite!

Por aquilo que vi e tenho assistido em Espanha, nos últimos tempos, a queda é Real em Madrid enquanto em Turim há um reJUVEnescimento.

O que tentaram fazer no Verão passado, denegrindo a imagem de Ronaldo com uma qualquer americana “aberta” às maiores trafulhices desde que “abiche” um punhado de dólares, não foi suficiente para deitarem o capitão da selecção abaixo. Conseguiram somente que não fosse eleito o melhor do Mundo.

Todavia é em campo, nos momentos mais importantes, que os grandes atletas verdadeiramente se revelam. E Cristiano Ronaldo não deixou os seus créditos por mãos alheias. Mostrou porque continua a ser um fora-de-série e tornar-se-á muito em breve a maior lenda viva do futebol (se o não for já!).

Que o digam as capas de muitos jornais europeus nesta manhã de 13 de Março. Obviamente que o realce é mais evidente nos desportivos, mas numa rápida busca vi referências, quase todas com foto de CR, à vitória da Juventus sobre o Atletico de Madrid.

Finalmente assumo que enquanto CR estiver em Turim a Juve tem mais um adepto porque CR7 é mesmo o maior jogador de todos os tempos.

Diferenças!

O melhor jogador de 2018 vai jogar a Final da Liga dos Campeões... na Playstation.

Entretanto o renegado continuará no relvado a mostrar quem é o melhor do Mundo.

A UEFA e a FIFA devem estar orgulhosas da última escolha.

Termino com um slogan publicitário: quem tem CR7 tem tudo, quem não tem... fica pelo caminho.

Parabéns Cristiano!

Quem dá e volta a tirar…

Corre por aí que se pretende retirar as comendas atribuídas a Cristiano Ronaldo tendo como base a questão com o Fisco Espanhol, que entretanto já foi resolvido.

Parece-me mais um não assunto que um tema para discussão, já que CR é o melhor jogador de futebol de todos os tempos e não um contabilista fiscal.

Mais… a situação ocorreu em Espanha que quer queiram quer não, será sempre o nosso mais visceral inimigo.

Português que não foge aos impostos nem se pode considerar luso. Está na nossa génese. Portanto Ronaldo seguiu a sua matriz portuguesa.

Mas se ainda assim lhe retirarem as ordens honoríficas como ficará a Padeira de Aljubarrota ou o D. Nuno Álvares Pereira? Ou os cavaleiros responsáveis pela Restauração em 1640? Tudo gente que lutou e provavelmente sovou selvaticamente um ou outro castelhano e que se tornaram heróis aos nossos olhos.

Diz o ditado que de “Espanha nem bom vento nem bom casamento”. O que equivale dizer que muitos de nós não estamos nada aborrecidos como que fez CR7, bem pelo contrário…

É que há sempre Olivença ainda por resolver.

Portanto a Chancelaria das Ordens Honoríficas tem de ter algum cuidado se pretender subtrair a Ronaldo as comendas. Seja como for CR7 ainda é o melhor embaixador português por esse Mundo.

A cegueira

O título segere um sentido ou a falta dele, mas no caso de hoje refere-se a outra doença: a cegueira pelo dinheiro.

Desde já assumo que não ponho as mãos no lume por ninguém sem correr o risco de me queimar. Muito menos por pessoas que são estrelas quase planetárias.

Como calculam falo do caso ora reaberto sobre uma tentativa de violação por parte de Cristiano Ronaldo nos Estados Unidos há nove anos. Parece que houve antes um acordo de confidencialidade cimentado em milhares de euros para que nada viesse a lume.

Pois é... mas como dizia alguém os acordos existem para serem quebrados e temos novamente uma telenovela não mexicana, mas bem americana com gente de lei à mistura.

Não sei se CR violou ou tentou violar a rapariga, não tenho dados para isso. Mas acredito que o atleta possa ter tentado forçar a relação. No entanto fica em aberto a ideia de que este caso só existe porque pode haver muito dinheiro envolvido por parte da eventual vítima ou até de algum causídico com perspectiva de ganhar umas lecas valentes com a situação ou quiçá, influencia de outras entidades externas ao caso, mas com evidentes interesses desportivos.

No entanto votaria singelo contra dobrado e em pé de igualdade nas duas primeiras hipóteses.

Só que este tema obriga-me a pensar que há muita gente que vai para estes encontros já com a "naifa" escondida para poderem espetá-la na vítima assim que puderem, figurativamente falando.

Também é certo que há muitas estrelas que usam e abusam do seu nome e estatuto para exigirem coisas estranhas e bizarras às acompanhantes. Actos que mais tarde se virarão contra si!

Mas não fosse a tal cegueira pelos milhões de CR7 talvez a rapariga nem viesse a terreiro acusar novamente.o melhor do Mundo.

Porque isto quando cheira a graveto fácil, não há contemplações.

 

Eu não disse?

Quem me dera acertar na Lotaria Nacional da mesma forma que acerto nos resultados deste tipo de Galas.

Ainda um destes dias lerei: Blatter regressa que estás perdoado!

O que se vergam estas entidades (FIFA e UEFA) ás marcas e clubes é algo que me deixa completamente envergonhado.

Cristiano Ronaldo percebeu antes de todos qual o lugar que lhe estaria reservado.

Fez muito bem em não aparecer.

A gala foi uma vergonha que só visto. Um ambiente anti CR7 primário e bacoco.

Como só a FIFA sabe fazer!

(Se a Juventus ganha a LC com Ronaldo, a UEFA e a FIFA vão ter de engolir muuuuuuuitos sapos. Ai vão, vão!).

Uma Gala com FIF(I)A

Escrevo este postal horas antes da Gala da FIFA que irá, certamente, coroar Modric. Independentemente de CR7 ter marcado um golo do outro Mundo à Juventus, quando ainda era jogador do Real, de ter sido fundamental para os merengues ganharem a Liga dos Campeões, ainda assim nada disto foi suficiente para ganhar o galardão.

A única razão que vejo porque isso não irá acontecer prende-se com a ida de CR7 para Itália. Estivesse Ronaldo no Real e teria a certeza absoluta que a vitória cairia sobre o jogador português. Assim…

O Real Madrid é um clube com visibilidade mundial. E não ter nas suas hostes um melhor jogador do Mundo é baixar o nível da sua equipa e essencialmente dos seus interesses financeiros.

Todavia, e para além de tudo o que possa acontecer em Londres, Ronaldo continuará a ser muito melhor que Modric (que é um espectacular jogador!!!) e obviamente muitíssimo melhor que Sallah. Disso não tenham qualquer dúvidas. A FIFA também não tem...

Como já referi noutro texto o desvio das atenções para Itália com a transferência de CR7 não caiu bem nem à Liga Espanhola nem à UEFA.

Ainda por cima com CR7 a marcar golos.

Veremos então se a noite é croata… ou não!

Pois...

É frequente dizer-se que ninguém é insubstituível ou mesmo que os cemitérios estão repletos de insubstituíveis.

Também é normal afirmar que só faz falta quem está. Então no futebol é normalíssimo.

Tantas certezas assumidas.

Pois...

Mas digam isso agora aos adeptos do Real Madrid sem CR7 e acabadinho de perder a Final da Supertaça Europeia contra o rival Atlético também de Madrid...

Cheira-me que há mesmo insubstituíveis!

 

Ainda o fenómeno CR7!

A transferência de Ronaldo de Madrid para Turim originou em mim um par de ideias interessantes.

A primeira é que “La Liga” perdeu uma das suas maiores estrelas. Um jogador sobre quem todos os olhares caíam, um devorador de recordes, um animal desportivo que vendia, vendia, vendia…

A segunda é que o “Scudetto” irá forçosamente subir de nível. As restantes equipas terão de se esforçar ainda mais para levarem de vencida a Juventus, ser mais competentes, mais focadas. Ora tudo isto associado dá uma mistura certamente muito complicada. No entanto acredito que o respeito que CR7 já angariou pelo Mundo, Itália incluída, irá fazer dele mais vedeta do que já é.

Impossível dirão alguns. No entanto se Cristiano, conjuntamente com os seus colegas, conseguirem levar o caneco da Liga dos Campeões para Turim, o madeirense será obviamente elevado à condição de Deus com direito a lugar cativo no Olimpo mitológico transalpino.

Em Espanha chorar-se-á a sua ausência durante muito tempo, tanto mais que a verdadeira disputa não era Real versus Barça mas Cristiano versus Messi! As páginas douradas que CR ajudou a escrever na já longa história do Real jamais se apagarão e só o futuro dirá quão importante era Ronaldo em Madrid.

Porque, quer queiram quer não, mui dificilmente haverá outro atleta às ordens da equipa merengue, como foi o nosso português. Um exemplo dd atleta, companheiro, colega amigo e acima de tudo desportista.

Termino com a estranha sensação de que uma espécie de estação de rádio (BBC – Benzema, Bale e Cristiano) despareceu. Para sempre!

Mais sobre mim

foto do autor

Posts mais comentados

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D