Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Um estranho vazio!

Hoje queria escrever sobre qualquer coisa, como sempre o tenho feito.

Podia escrever sobre a pandemia, mas já me cansa. Ou sobre os candidatos à Presidência, mas nada me dizem!

Poderia escrever provavelmente sobre o futebol, mas tenho outro local para isso. Também poderir aqui referir o que ando a ler, mas certamente ninguém gostaria!

Se calhar deveria escrever sobre a fofura que é a minha neta, mas ninguém a conhece. Ou, sei lá, escrever sobre o tempo frio que hoje caíu sobre a cidade.

Sinceramente não me apetece escrever sobre nada disto...

Não sei porquê hoje há um estranho e invulgar vazio dentro de mim. Deve ser desta época!

12 anos de blogue

ou uma calamidade nunca vem só?

Gostaria que todos nós estivéssemos a viver outros momentos. A actual gripe retirou-me muita da alegria com que deveria estar ao escrever este texto. Mas enfim…

Não é todos os dias que uma aventura de escrita dura tanto tempo. Mais precisamente 12 anos.

Corria o ano de 2008, o ano diferente para todo o mundo com o início da grande crise financeira que tanto marcou e ainda marca o nosso País e este menino, como não tinha nada que fazer, deu o pontapé de saída para uma das melhores coisas que fez e da qual se orgulha, a par dos seus filhos: lançar um blogue.

Na altura pensei que as coisas tenderiam a desaparecer. Mas após a mudança para a SAPO tudo se alterou. Vieram os destaques, os comentários, os favoritos e até imagine-se uma entrevista à própria plataforma SAPO.

Caíram também no meu colo exercícios de escrita que eu acabei por desviar para outro espaço, referências noutros blogues e até recebi há alguns anos um pedido para ser referenciado numa tese de doutoramento (nem sei se alguma vez foi discutida ou mesmo referido!!!).

Posto isto no último ano publiquei 685 postais que originaram 2322 comentários, 820 gostos, 220 Favoritos. Já para não falar dos 18 destaques de que fui simpaticamente alvo.

Agora resta continuar a trabalhar para que este espaço continue a ser um local de opinião livre, visões diferenciadas e outrossim um fórum de discussão.

Finalmente um agradecimento muito especial aos leitores e comentadores. Sem as suas palavras e os encorajamentos jamais teria sido possível chegar aqui!

E por hoje creio ser tudo!

A gente lê-se por aí!

Responsabilidade ... a dobrar!

Andava eu por aqui na blogosfera, já que sou pássaro vou debicando aqui e ali, quando dou de caras com este postal,

delito_.jpg

Como se deve imaginar é uma enormíssima responsabilidade ser o "blogue da semana" no Delito de Opinião. Nem será necessário explicar, pois não?

Assim sendo esta semana, mais do que nunca, terei de ser ainda mais competente, pois não gostaria de defraudar quem em mim apostou.

Números redondos!

Iniciei-me em 2008 nestas andanças da blogosfera. Desde logo criei uma pequena base de dados com as respectivas ligações aos textos e ao mesmo tempo outras referências que considerei importantes como o número de comentários, favoritos, gostos e até indicações dos destaques.

Mas nada me preparou para estes números redondos e que hoje dei conta.

10mil_comentarios.jpg

Dez mil comentários (é verdade que muuuuuuuuuuuuuuuuuuuitos serão meus, mas sempre como respostas) e mil e quinhentas reacções, pode parecer pouco neste universo imenso em que se tornou a blogosfera.

No entanto é curioso que estes números apareçam ao mesmo tempo, sem que eu tenha feito por isso. É daquelas coincidências… felizes. Diria eu!

Porém nenhum destes valores teria sido possível sem os leitores. São estes que comentam, que concordam e discordam, que simpaticamente adicionam como favorito um texto meu sempre pobre ou adicionam um gosto “feicebuquiano”.

Portanto é tempo de, mais uma vez, agradecer a todos quantos por aqui passam pela paciência que têm comigo, pela simpatia demonstrada e acima de tudo pela amizade que vão espalhando neste espaço e que diariamente aquece o meu espirito.

Bem hajam a todos!

Breve análise estatística

Tenho por hábito no início de cada ano deste blogue apresentar os dados do último ano. Mais que não seja para memória futura.

Para isso recorro-me de um ficheiro em excel e que quase diariamente vou actualizando. Para além de ligações directas aos postais. também lá se encontra representados dados complementares às publicações tais como: a data, a quantidade de comentários, o número de gostos e até os Favoritos, terminando com a indicação se foram ou não destacados.

estatistitas_2019 (1).jpg

O gráfico supra é um dos exemplo dos dados que apuro.

Os números não são muito visíveis, mas posso adiantar que no último ano publiquei mais 102 postais que o ano anterior com mais 629 comentários. Todavia tive menos 232 "likes" do Faceibuque provavelmente resultado de ter divulgado menos os meus textos através daquele rede social. No entanto os favoritos tiveram uma boa subida, assim como o incremento de destaques feitos pela plataforma SAPO (de 14 para 31).

De uma forma geral percebe-se que escrevi mais neste último ano e que no próximo o blogue enfrentará mais uma corrida contra a ideia que venho trazendo desde há uns anos e que corresponde a escrever mais um texto que o ano enterior.

Mais uma vez renovo os agradecimentos a quem por aqui vai transitando.

Um enorme bem-hajam.

A gente lê-se por aí!

Estatísticas de dez anos!

As contas nunca foram o meu forte. Quando digo contas digo aquelas fórmulas hiper complicadas que só uma inteligência ao nível de Stephen Hawking perceberia.

No entanto há algo que sempre gostei. Estatísticas.

Certo é que não as sei analisar como se um estudioso me tratasse. Mas pronto cicam abaixo aquilo que aconteceu a este blogue durante 10 anos.

Renovo os meus agradecimentos a quem teve a paciência de por aqui ir aparecendo. 

Graf_2017_2018 (1).jpg 

 

O meu destaque

aqui havia falado dele.

Quando muitos se escondem, escusam e fogem aos desafios que a vida lhes propõe, este meu amigo soube enfrentar tudo e todos e viver uma existência diferente.

Esta sua nova vida foi acrescentada recentemente pelo nascimento de uma criança. Um rapaz que é a luz da sua nova vivência.

De tal forma marcante que escreveu este belíssimo texto no seu blogue. Este é um espaço diferente onde as palavras vivem numa invulgar serenidade, ao mesmo tempo que se mostram tão poderosas.e tão pungentes.

Um blogue a não perder.

Visitem-no!

Com um brilhozinho nos olhos…

Quando me lancei na blogosfera, fará no próximo mês de Março nove anos, tinha pouca noção do que era esta realidade.

Paulatinamente fui aprendendo a viver com este novo mundo. Fui assim entabulando contactos, trocando comentários, ideias, criando amizades, tudo numa postura de quem gosta das pessoas.

Todos os dias vou à plataforma perceber as estatísticas diárias e outrossim publicar alguma coisa. Por isso foi com alguma emoção que hoje reparei que havia um número de três dígitos a encabeçar a plataforma.

Cem subscritores. Uma centena de pessoas que se dignam ler-me de vez em quando. Um gesto que me apraz muito registar.

Sou um humilde cidadão que tem umas ideias estapafúrdias e que as coloca em textos pobres, quiçá incoerentes. Só que ter tanta gente simpática desse lado, a ler o que escrevo, é deveras estimulante e gratificante. Um verdadeiro privilégio.

Deste modo só posso deixar aqui a todos vós, subscritores ou não, da Sapo ou doutra plataforma qualquer, o meu singelo e profundo agradecimento.

Tentarei sempre fazer (leia-se escrever!) melhor.

A gente lê-se por aí!

 

100_subsc.jpg

 

Um ano em... visitas!

Nos últimos dias as estatísticas oferecidas pela Sapo têm estado em baixo. Mas mesmo assim apanhei uns dados referentes ao ano de 2015 e tendo como "vítima" este blogue.

E gostei do que vi. Não é um espaço "hiperventilado" de leitores e visitas, não obstante alguns picos naturalmente ligados aos destaques, mas seja como for há um grupo de fiéis amigos.

Cheguei a 2016! Estou ciente que este novo ano vai-me trazer novos desafios na escrita e espero estar à altura desses desafios.

Eis então o gráfico estatístico de 2015.

 

sapo_estt_imagem

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D