Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Matar a sede!

aqui e aqui escrevi sobre este gato!

Independentemente do dia ou da hora a que chegue a casa é certo que passado um pedaço o Aparecido... aparece. A miar!

Sei que ele não olha para mim como amigo e muito menos como dono (ninguém é verdadeiramente dono de um felino!!!), mas como alguém que lhe dará algo que ele gosta. Quase sempre ração que compro de propósito para ele e uma ou fatia de fiambre de perú, que ele devora num ápice.

Mas hoje houve avanços e de repente este malando, após se ter lambido com os acepipes que lhe dera, saltou para o lava-loiças. Logo percebi que estaria com sede. Abri a torneira e ele não se fez rogado!

Com o filme infra é prova!

Visita de médico!

Ontem a minha neta após a hora do recreio matinal e já no jardim veio chamar-me:

- Avô. avô, gato!

Apontava para um canto do jardim onde cresce uma planta enorme. No início não vi nada mas de repende percebi que algo se mexia por detrás de alguma folhagem.

Na verdade um mui pequeno felino de cor amarela andava por ali cheio de medo e obviamente arisco como são quase todos os felinos, nomeadamente quando são pequenos e nascidos ao "Deus-dará".

Não o persegui nem tentei agarrá-lo tndo mesmo ido buscar uma embalagem de plástico com água para que ele bebesse. Todavia sempre que eu entrava em casa ele aparecia no jardim. Eu saía e ele voltava a fugir. Num instante percebi que fugia para o passeio por debaixo de um portão.

gatito.jpg

Assim nesse local de fuga coloquei uns pedacitos de carne muito pequenos para que ele os pudesse comer.

Num ápice ele encontrou-os e devorou-os.

Consegui ainda apanhá-lo a cheirar onde estivera a comida.

 

Não o consegui nunca apanhar e durante a noite desapareceu.

Poder-se-á dizer que foi mesmo uma visita de médico.

A última ceia!

aqui havia falado dele ou dela (reside ainda a dúvida!) em Maio passado. Mas sempre que aqui vinha a Aparecida surgia como se pressentisse a nossa presença, mesmo que fosse por pouco tempo.

Tenho consciência que os gatos não são os meus animais caseiros favoritos. Todavia sei, por experiência própria, que são os gatos que adoptam os humanos e não o inverso. E talvez por isso admirei-me que este gato, durante as minhas férias, tenha aparecido todos os dias. De manhã e ao fim do dia. Religiosamente!

Por tudo isto acabou-se por comprar comida a contar com esta visita diária. Que damos sempre que aqui aparece.

Tendo em conta que a partir de amanhã à tarde a Aparecida vai ter concorrência, já que o meu filho trará outrossim a sua estouvada cadela, achei por bem fazer este pequeno filme da gata a comer a sua refeição da noite. Que tão depressa não terá!

Desafio: se não fosse humano que animal gostaria de ser...

Só a Ana para se lembrar de um desafio destes...

Pelo meu lado irei responder meio a sério, meio a brincar (espero que não te zangues). Então é assim:

Sinceramente gostaria de ser um leão.

leao.jpg

E não tem nada a ver com as monarquias, mas tão somente pela figura imponente que o leão representa dentro da selva.

Destingue-se dos outros animais, acima de tudo, pela forma como se comporta na sua sociedade e impondo respeito.

Gosto do leão porque é outrossim o símbolo do meu clube de coração.

E finalmente porque o leão é um genuíno machista: es fêmeas caçam, mas ele é sempre o primeiro a comer!

Onde é que se já viu isto? Ahahahahah!

Parabéns Ana pelo desafio e espero que haja muita gente a responder.

Entretanto podem ver as respostas aqui...

Miss Alani!

Reconheço que os gatos não são os animais da minha preferência. Prefiro cães.

Mas em casa dos meus pais sempre houve gatos. E claro cães!

Há uns anos ainda na constância da minha velhinha Lupi veio para casa uma gatita. Aqui foi crescendo e ganhando o seu espaço e território.

Porém como qualquer gato que se preze, esta nunca se deixou confinar a esta casa. Basta ver uma janela ou porta aberta para a rua e ei-la que sai disparada, procurando na vizinhança algum aconchego.

Hoje é dia mundial dos gatos e a Alani é neste espaço... a estrela!

alani1.png

Com umas semanas!

alani2.jpg

Soneca no sofá.

alani_3.jpg

Apaga a luz!

alani4.jpg...

Este capô está na temperatura ideial

anali5.jpg

Que brasa!

 

 

A "nossa" menina!

A sua vinda não foi, no início, consensual. Mas quando chegou ninguém resistiu ao seu charme e ao seu encanto.

Companheira e amiga é actualmente parte integrante da família.

Gosta do seu espaço e detesta que o invadam.

Tem um medo tenebroso das trovoadas.

É a nossa "menina", chama-se Lupi e faz hoje 13 anos.

Ei-la aqui bem atenta ao que se passa na rua.

lupi.bmp

 

 

 

1º de Maio... animal!

Entrou hoje em vigor uma nova lei que considera os animais “seres vivos dotados de sensibilidade e objeto de proteção jurídica”

Sempre tratei bem os animais mesmo aqueles que não aprecio e sou incapaz de matar ou fazer mal a qualquer bicho. E nunca necessitei de qualquer norma para tal.

Com esta nova lei a minha cadela deixou de ser um simples canino de quatro patas como sempre foi, para se tornar um ser vivo, também de quatro patas, só que desta vez... por decreto. É obra.

E depois há aquela questão jurídica da partilha dos animais de companhia, num caso de separação dos donos. Resumindo: a nossa legislação já é suficientemente complexa no nosso dia a dia, ainda foram acrescentar esta lei.

Mais uma vez Portugal na vanguarda da legislação europeia.

Ah! só uma dúvida... tenho uma cobra que comeu três pequenos ratos que estavam no quintal... Poderei ir preso?

 

Refugiados caninos?

Costumo dizer que até para se ser cão é necessário ter sorte.

Foi o caso de dois cachorros que o meu pai encontrou hoje numa fazenda enquanto podava umas oliveiras e que de repente o passaram a seguir.

Terão dois meses, pouco mais, e são realmente uma ternura. Cheios de pulgas e famintos entraram na família como se tivessem nascido ali.

Sendo um castanho e outro preto... lembrei-me de os baptizar com... imaginem... "James" e o "Brown". Depois decidiu-se pelo Black e o Brown.

Alguém quer? Estão disponíveis já que a minha mãe já tem dois...antes de aparecerem estes.

B_b.jpg

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu livro

Os Contos de Natal

2021
2022

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D