Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Reforma: um passo em frente!

Aproxima-se rapidamente a minha reforma. Uma decisão pensada, amadurecida e inevitável.

Mas ao invés de muitos que conheço não me vai faltar que fazer. Faltar-me-á com toda a certeza tempo para operacionalizar tudo o que gostaria.

Hoje encontrei um colega com quem trabalhei num Departamento. E foi mais ou menos este o diálogo que mantivemos:

- Viva João… como vai essa “bizarria”?

- Vai bem…

- Então quando é que te reformas?

- Ainda não sei…

- Mas já tens o tempo todo… Que idade tens?

- Tenho 65 anos…

- E os mesmos 37 de casa como eu…

- Sim!

- Então estás à espera de quê?

Um silêncio caiu no meio do nosso diálogo. Finalmente declarou:

- Não sei o que fazer reformado…

Avancei com diversas dicas desde voluntariado em hospitais ou em associações de animais, mas a todas elas ele respondeu.

- Não sei se tenho coragem.

Preferi não continuar a dar palpites e despedi-me.

Mas as palavras dele não saíram da minha mente: Não sei o que fazer reformado…

Tal como este meu colega haverá muita gente imbuída no mesmo espírito de inutilidade perante a sociedade aquando da passagem para a reforma. Nunca se prepararam para um dia deixarem de trabalharem.

Lembro-me a este propósito de um caso em que um colega (entretanto já falecido) se reformou, mas nunca o comunicou à família. Deste modo todas as manhãs levantava-se e saía de casa como se fosse trabalhar. Um dia a mulher a imperiosa necessidade de falar com o marido e vai daí ligou ara o trabalho a perguntar pelo marido e foi aí que soube que já estava reformado havia uns tempos.

Pois bem… a reforma será um passo tão importante quanto aquele que demos aquando do primeiro emprego. Só que agora temos a vantagem da experiência e a serenidade dos anos vividos.

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D