Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

O Mundo virado do avesso

A notícia entrou-me pelo monitor: um jovem assassinou 17 pessoas numa escola no estado da Florida, na terra do tio Sam.

Olho, leio e não acredito: dezassete pessoas? Como pode ter sido possível?

Estes casos repetem-se nos Estados Unidos. Todos os anos há dezenas de mortes perpetradas por indivíduos fortemente armados e sem qualquer sentido humano desatam a disparar contra tudo o que se move.

É óbvio que num país onde qualquer pessoa pode comprar uma arma é demasiado fácil acontecerem tragédias como a desta quarta feira.

Contudo muito para além do acto bárbaro e cobarde fica a ideia de que há algo bizarro nas novas sociedades, para que este tipo de acontecimentos se venham a verificar tão amiúde.

Podem vir técnicos de psicologia e especialistas em psiquiatria tentarem desconstruir as razões destes crimes com as teorias do costume, que nada disto parece minimamente razoável.

Chamar-me-ão de retrógrado ou antiquado, mas defendo valores que vão muito para além da liberdade de pensamento e de ideias. O meu combate vai no sentido de defender a vida humana seja ela qual for e em quaisquer circunstâncias.

Admira-me no entanto que o actual Presidente Americano tente, a toda a força, eliminar focos de terrorismo por esse Mundo fora, mas vai olvidando o terrorismo urbano que se propaga no seu próprio país. E pior… muitos destes jovens, quiçá, se reveêm em Trump e na sua forma muito peculiar de estar na política e na vida, o que torna esta situação ainda mais grave.

O mundo está completamente virado do avesso. Umas vezes por nossa culpa já que nos tornamos cada vez mais amorfos em relação ao que não nos toca pessoalmente, outras por culpa de outros que se encontram bem escudados no seus castelos, sendo geralmente os inocentes a pagar.

Quase sempre com a vida.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D