Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Ele vai andar por aí! (Já andava, aliás!)

O fim-de-semana trouxe-nos, para além de dias super escaldantes com as temperaturas a baterem recordes, a notícia da saída de Pedro Santana Lopes do PSD. Esta foi uma saída prevista há muito por alguns analistas políticos e desejável por muitos militantes laranjas.

A verdade é que Santana Lopes nunca foi um militante sereno e amorfo. Bem pelo contrário. É que a sua postura, sempre guerreira, originou algumas bravatas internas que quase sempre perdeu.

Recordo a este propósito a sua eleição para a autarquia de Figueira da Foz após ter perdido o congresso contra o actual Presidente da República. Mas se a conquista da autarquia da Figueira da Foz teve grande impacto dentro do partido, este seria ainda maior quando em 2001 contra todas as sondagens, o antigo Provedor da Santa Casa ganharia a edilidade ao João Soares numa eleição épica.

Depois viria a ser PM quando Durão Barroso troca a política lusa pela política europeia. Mas seria um reinado de pouca duração já que ao fim de uns meses o Presidente Jorge Sampaio acaba por dissolver a AR originando a consequente queda do governo de Santana Lopes e a marcação de eleições antecipadas que, curiosamente, seriam ganhas por José Sócrates.

Santana Lopes andou por aí (a frase é do próprio no final de um congresso!!!) sem nunca ter uma relevância por aí além. Mesmo com as vitórias nas autarquias…

Foi comentador televisivo onde ficou célebre a sua saída em directo por o canal ter dado mais relevância à chegada de um antigo treinador a Lisboa do que à sua própria análise. Uma atitude que foi muito aplaudida desde a esquerda à direita.

Mas talvez por esta suas atitudes assaz rebeldes, Santana Lopes foi permanentemente visto pelos seus companheiros de partido como “l’enfant terrible”. Escutei há tempos que PSL preferia o PPD ao PSD. Em termos programáticos não entendo a diferença entre as duas siglas, mas acredito que haja quem entenda as distâncias.

Este será porventura o tema político deste Verão. Muito se especulará sobre o futuro próximo deste político.

Para mim Santana Lopes continuará, como sempre afirmou, a andar por aí… Só que desta vez sem as amarras de um partido com o qual já não se identificava.

A liberdade de pensamento tem sempre os seus custos!

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D