Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

De regresso... à política!

Segundo o que li ontem num jornal diário, o ex-primeiro ministro José Sócrates, vai participar na próxima campanha às eleições europeias.

 

O que equivale dizer que o antigo líder do PS vai dar uma mão (e que mão!!) a Francisco Assis. A meu ver este regresso de JS não é de todo inocente nem altruísta. Creio sim que Sócrates vem uma vez mais para a rua, para uma avaliação à sociedade (leia-se eleitorado), afim de perceber se tem lastro para uma eventual corrida a Belém.

 

O seu espaço como comentador da RTP começou com enorme audiência mas depressa perdeu espectadores. Ainda assim mantém aquela rubrica de opinião na RTP1.

 

António José Seguro como é já habitual, vai pautando a sua actuação ao sabor das indicações do actual governo. Foi preciso que Paulo Rangel lançasse, em pleno congresso do PSD, a questão sobre o candidato do PS às europeias para Seguro horas seguidas apresentar Assis. Quando deveria ser a oposição a marcar o tempo de intervenção política.

 

José Sócrates sabe que o povo não esquece! Nem o que ele fez enquanto primeiro ministro, deixando o país a um passo da bancarrota, nem o que este governo vai-se obrigando a fazer. E a actuação deste último poderá ser um capital que JS pode acumular a seu favor.

 

Dentro do Partido Socialista o regresso de Sócrates à politica de intervenção será sempre vista como uma ameaça à actual (má) liderança de Seguro. E basta que o PS não ganhe as próximas eleições europeias de forma categórica, como é provável, para o actual lider socialista sentir atrás de si o bafo de António Costa, claramente apoiado por José Sócrates, ou quiçá de um outro militante de peso.

 

Os ventos sopram para já a favor de Sócrates.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D