Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Construir a felicidade!

Hoje recebi a visita de um amigo. Conhecemo-nos há mais de 40 anos, mas não obstante alguma diferença de idades (ele é mais velho do que eu 10 anos!!!), construímos uma boa e forte amizade.

Já estava a sair e a meter-se no carro quando me deseja:

- Tente ser feliz...

Devolvi:

- Mas eu sou feliz.

- É raro - responde.

- O que é raro?

- As pessoas assumirem que são felizes. Geralmente nunca o são.

- Mas eu sou, genuinamente.

Já não entrou no carro. Ficou ali a olhar para mim e a tentar entender como pude dizer aquilo. Percebi no seu olhar uma certa incerteza. Por fim conclui:

- Ainda bem...

Entrou no carro e partiu!

Certamente que a felicidade não é um estado de espírito que se compra numa qualquer farmácia e muito menos num supermercado, se bem que muita gente ache que por detrás de uma garrafa de alcool ou de uma qualquer droga encontrará o tal estado supremo. É um engano e não me canso de o afirmar.

Não tenho uma vara de condão para ficar feliz de um momento para o outro, como se tudo dependesse de um mero interruptor. Porque o ser feliz é, acima de tudo, uma construção que se faz interiormente. Como quando se constrói uma casa... inicia-se por baixo.

Reconheço que nem sempre fui assim, pois também tive os meus momentos menos simpáticos. Mas foi a própria vida que paulatinamente me foi ensinando o caminho ou no limite me mostrou as opções.

Poderia perfeitamente assumir um estado depressivo, angustiado (provavelmente teria muitos razões para isso), mas ao invés de me enfiar num pântano de tristeza tive a audácia de me agarrar aos poucos momentos bons e com eles fui construindo uma fortaleza interior que me defenderia mais tarde de algumas agruras.

Por isso hoje cheguei a este ponto da minha vida ciente de que muita da nossa felicidade está dentro de nós... Basta para isso encontrá-la.

10 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu livro

Os Contos de Natal

2021
2022

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D