Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Água, o melhor tempero!

Gosto de cozinhar. Muito.

Mas ao invés dos grande chefes que buscam comidas inovadoras eu continuo a preferir as receitas mais antigas, mais genuínas.

Sou neto e filho de grandes cozinheiras. Se a minha avó já faleceu há muitos anos, ainda tenho a minha mãe que, de vez em quando, me vai dando umas dicas de como melhorar este ou aquele prato. Todavia as coisas nem sempre saem igual ao que ela faz. Costuma dizer que pode dar-me a receita mas não me dá as mãos dela.

Aceito esta visão da culinária, mas entendo que para além das mãos há outras variáveis que não controlamos e que sem querermos são fundamentais para o gosto de um determinado prato.

Uma delas é, sem margem para dúvidas, a qualidade intrínseca dos produtos. Não menosprezando outras regiões as batatas que o meu pai semeia e apanha são incrivelmente melhores que as outras que se compram por aí.

Tal como os legumes ou o azeite. E já nem falo na carne de galinha criada no campo ou de vitela.

Há quem observe que as panelas antigas é que eram boas... especialmente as de ferro que se penduravam dentro das lareiras a apanhar o lume. Até pode ser...

Mas a minha experiência diz-me que é na água que se encontra o verdadeiro segredo para uma cozinha não só saudável como bem confeccionada. A água da cidade sai nas nossas torneiras depois de passar por muitos filtros e muitos produtos para limpeza e purificação. Ao contrário a água da aldeia pode vir numa velha infusa ou mesmo a da torneira não tem definitivamente tantos produtos como a das grandes cidades.

E disto tenho um belo exemplo. Um dia, aqui onde moro, cozi umas batatas, mas ao fim de um pouco estavam desfeitas. Na aldeia tinha lá batatas iguais que cozeram sem nunca se desfazerem.

Esta éassim  a prova real de que a água é, neste momento, um dos ingrediente essenciais para termos um melhor prato. Tal como os outros já referidos.

Portanto, o chefe Gaulês sabia o que dizia quando afirmou isto...

arverne.jpg

2 comentários

  • Imagem de perfil

    José da Xã 18.07.2018 09:59

    A experiência diz-me o contrário.
    Quanto ao Astérix este é intemporal.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D