Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

A primeira dama... do Mundo!

O título deste texto poderia referir-se a Sua Majestade a Rainha Isabel II. Pois podia, mas não é dela que venho aqui falar.

No outro lado do Atlântico prepara-se a mudança para breve de Presidente dos Estados Unidos. A expectativa mundial quanto ao futuro daquele país roça um valor mínimo.

Também penso assim! Donald Trump pode ser uma boa surpresa mas sinceramente não acredito. Mas os americanos escolheram... está escolhido, nada a fazer.

Talvez por aquilo que referi atrás a figura de Barak Obama surja como uma espécie de matriz do que foi uma governação pensada, discreta e acima de tudo preocupada com o Mundo.

Há no entanto uma personalidade que foi, quiçá, o genuíno garante de uma América unida. Chama-se Michelle Obama.

Esta sim foi durante oito anos a primeira Dama do Mundo. E não o fez somente porque era a mulher do Presidente dos Estados Unidos, fê-lo por convicção. Acima de tudo o que mais admirei neste casal foi a forma, sempre frontal e aberta, como demonstravam publicamente o amor que tinham um pelo outro. Uma raridade nos tempos que correm!

Michelle Obama sairá da Casa Branca no próximo dia 20 de Janeiro mas o perfume das suas palavras e dos seus gestos perdurará por muito tempo naquele casarão.

Porque à primeira Dama do Mundo exige-se muita coisa, é certo. Por isso a humanidade e sensatez que Michelle demonstrou nos dois mandatos do marido não foram construídas mas brilhantemente assumidas!

Um exemplo perfeito de mulher, mãe e digníssima esposa do Presidente da maior potência do Mundo!

2 comentários

  • Imagem de perfil

    José da Xã 15.01.2017 19:30

    Não acredito que Michelle consiga ser substituída por uma "Barbie".
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D