Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

A minha crise com... o Sporting

Reconheço que tenho tido muita dificuldade em assimilar a torrente de maus acontecimentos que este ano já assolaram o Sporting. E todos eles têm a mesma origem. Que nem merece ser nomeado.

Tenho quase 60 anos e quase 40 de sócio. Sempre vivi a vida do clube com paixão e fervor. Como deve ser um verdadeiro adepto.

O futebol é naturalmente o centro de todas as minhas/nossas atenções e emoções. Durante as últimas décadas vivi muitos momentos fantásticos e alguns mais tristes, tendo o futebol como pano de fundo. Mas não só.

Vi na televisão a conquista da primeira medalha olímpica do atletismo pelo Carlos Lopes. Vibrei com o recorde do Mundo de Mamede e rejubilei com mais uma medalha olímpica - esta de ouro - na Maratona ganha em Los Angeles, pelo atleta beirão.

E que dizer daquela equipa de hóquei em patins com António Livramento como principal figura e que foi Campeã Europeia que me deixou uma alegria imensa?

Depois o voleibol, o básquete, o andebol, o bilhar, o tiro, a natação... tantas e tantas modalidade onde dávamos cartas. Mas o futebol era aquela base... O centro de todas as nossas esperanças.

Lembro-me em 2000 na volta que dei pela cidade de carro ou o cachecol que usei no trabalho durante todo o dia seguinte , sem que ninguém me dissesse alguma coisa. 

Pois é... tudo isto faz parte do meu passado. São lembranças que só a senilidade ou uma doença me tirarão da minha memória.

Recordo também o Núcleo que ajudei a criar no trabalho e os jantares que organizei com Sousa Cintra, Vitor Damas e o próprio Fernando Mamede.

Tudo em prol de um clube que era uma inexplicãvel paixáo e um orgulho.

Que hoje não tenho...

Que hoje não sinto...

Que hoje não me diz rigorosamente nada...

Que hoje choro por dentro porque me envergonho de chorar por fora...

Sinto-me assim perdido, como se tivessem arrancado uma parte de mim. Um pedaço muito grande.

Não imagino qual será a minha relação futura com o Sporting, mas vivo agora uma espécie de luto por um clube que, mesmo nas derrotas, me orgulhava pertencer.

Será que algum dia acordarei deste pesadelo?

 

Também aqui

5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D