Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

A cegueira

O título segere um sentido ou a falta dele, mas no caso de hoje refere-se a outra doença: a cegueira pelo dinheiro.

Desde já assumo que não ponho as mãos no lume por ninguém sem correr o risco de me queimar. Muito menos por pessoas que são estrelas quase planetárias.

Como calculam falo do caso ora reaberto sobre uma tentativa de violação por parte de Cristiano Ronaldo nos Estados Unidos há nove anos. Parece que houve antes um acordo de confidencialidade cimentado em milhares de euros para que nada viesse a lume.

Pois é... mas como dizia alguém os acordos existem para serem quebrados e temos novamente uma telenovela não mexicana, mas bem americana com gente de lei à mistura.

Não sei se CR violou ou tentou violar a rapariga, não tenho dados para isso. Mas acredito que o atleta possa ter tentado forçar a relação. No entanto fica em aberto a ideia de que este caso só existe porque pode haver muito dinheiro envolvido por parte da eventual vítima ou até de algum causídico com perspectiva de ganhar umas lecas valentes com a situação ou quiçá, influencia de outras entidades externas ao caso, mas com evidentes interesses desportivos.

No entanto votaria singelo contra dobrado e em pé de igualdade nas duas primeiras hipóteses.

Só que este tema obriga-me a pensar que há muita gente que vai para estes encontros já com a "naifa" escondida para poderem espetá-la na vítima assim que puderem, figurativamente falando.

Também é certo que há muitas estrelas que usam e abusam do seu nome e estatuto para exigirem coisas estranhas e bizarras às acompanhantes. Actos que mais tarde se virarão contra si!

Mas não fosse a tal cegueira pelos milhões de CR7 talvez a rapariga nem viesse a terreiro acusar novamente.o melhor do Mundo.

Porque isto quando cheira a graveto fácil, não há contemplações.

 

10 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D