Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Um país sobre "brasas"

Começo a ficar preocupado. A sério!

 

O português sempre foi pacífico, de tal forma que se auto-intitulou como um povo de “brandos costumes”. Porém, creio bem que este último epíteto em breve desapareça tal a insatisfação que vai tomando conta dos portugueses. As razões são sobejamente conhecidas e sentidas por quase todos. Vivemos tempos de vacas magras e que passarão em breve a ser de vacas anorécticas.

 

Sinto que este luso povo não aguenta esta “terapia” de choque por muito mais tempo. É inevitável que algo tem de acontecer para (re)colocar o país num trilho correcto. Não sei o que será mas cheira-me…

 

Paira no ar uma paz podre e que não augura nada de bom. As constantes manifestações, as sucessivas greves (mesmo que tenham toda a razão!!!) também não ajudam Portugal. As nuvens negras do desencanto e da tristeza envolvem-nos como um manto.

 

Não sou economista para saber se haveria outras soluções. Também não sou político. Mas sou e serei como tantos outros portugueses uma das vítimas da tal austeridade. E pergunto a mim mesmo: eu que sou poupado, que não gasto um tostão mal gasto, que não tenho vícios de espécie alguma, porque tenho de pagar para aqueles que não sabem poupar? Porque tenho de ser eu e outros a pagar os erros de governação? Porque não pagam os políticos com o seu património esses desmandos?

 

Pois é! Falta à maioria da nossa classe política dignidade e sentido de Estado. Os políticos servem-se do país não servem Portugal. E é este espirito de missão que falta à sociedade gestora dos destinos deste rectângulo.

 

Sinto-me desiludido com esta gente, pouco conhecedora da realidade dos lares, onde todos os dias há quem faça contas aos parcos tostões que ainda tem. O povo português não é burro e sabe sofrer quando lhe pedem para o fazer, numa perspectiva que tudo irá melhorar. Agora desta forma… exagerada…

 

E se um destes dias um qualquer caldo se entornar (espero bem que não!!!!), não venham depois afirmar que não imaginam porque isso aconteceu…

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D