Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Shameless – “Os sem-vergonha” do futuro?

 

Está já enraizada nos nossos pensamentos a ideia de que os valores, que em tempos passados ainda não muito longínquos era válidos, deixaram de ter qualquer aceitação. Ou melhor foram colocados em causa por uma sociedade sedenta de coisas novas ou pelo menos de sentimentos diferentes.

Também eu quando jovem coloquei alguns valores, na altura instituídos, em causa. E utopicamente lutei pela alteração desses valores. Mas actualmente o sentimento que se vive é de que as alterações são tão frequentes que mudam a cada dia sem direito a qualquer discussão ou análise. Altera-se só!

Há quem chame a este frenesim, evolução. Aliás é à sombra deste conceito que se tem realizado as maiores barbaridades que mais tarde ou mais cedo nos vem tocar. E com naturais maus reflexos nas nossas sociedades...

Dando “lastro” a esta minha ideia chamo a atenção para uma série americana de nome Shameless (“No limite” – tradução portuguesa). Esta séria começou em 2004 na Inglaterra nos subúrbios de Manchester, mas foi reconstruída nos Estados Unidos com o mesmo nome.

Para quem não conhece a série, esta baseia-se na história de uma família de seis irmãos abandonada por um pai alcoólico (William H. Macy) e uma mãe de opções sexuais diferenciadas. É a filha mais velha de 21 anos, Fiona de seu nome (Emmy Rosum) que consegue impor alguma disciplina aos seus irmãos mais novos.

A série que é apresentada no Canal 2 da RTP à sexta-feira pode ser observada à luz da inversão de valores que sistematicamente temos vindo a assistir não só nos Estados Unidos, quase sempre pioneiro neste tipo de coisas, mas que se tem vindo a alastrar pelo mundo fora. E claramente Portugal encontra-se nessa rota.

Alcoolismo, droga, prostituição, incesto ou homossexualidade são temas comuns e abordados nos episódios de forma explícita e sem tabus. Não sendo obviamente exemplos a seguir Shameless mostra-nos o que poderá ser a nossa sociedade, num futuro próximo.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D