Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Alunos versus professores



As (más) relações entre professores e alunos voltaram infelizmente a entrar na ordem do dia. Esta semana uma aluna violentou a professora de Educação Visual e Tecnológica a tal ponto que esta teve de ser assistida no hospital. Uma situação que se tem vindo a repetir com maior ou menor frequência dependendo da divulgação dos jornais ou das televisões.


Temos finalmente de assumir que estamos perante um problema da sociedade, sobre o qual ainda ninguém se debruçou atentamente de forma a minimizar estas situações que não beneficiam alunos, pais e professores.


No tempo em que andei pelos bancos da escola, as professoras primárias usavam e abusavam duma autoridade e prepotência que sempre achei demasiada e “malhavam” nos alunos por tudo e por nada. Era o tempo das reguadas. Hoje, quarenta anos passados acontece precisamente o contrário, colocando em causa um grupo de técnicos muito importantes e responsáveis pela educação e formação dos nossos descendentes.


Não bastava uma Ministra arrogante e quase autista, para surgir com uma frequência inusitada relatos de alunos a sovar brutalmente professoras. Há que colocar um ponto final nesta evidência. Custe o que custar…


Naturalmente que cabe aos pais e encarregados de educação a responsabilidade de educar os seus filhos e educandos. Porém sabemos que muitas crianças são deixadas todo o dia sozinhas entregues a irmãos mais velhos, a vizinhos ou amigos que nada contribuem para a sua formação. Assim é natural que os alunos apareçam na escola destituídos de quaisquer valores. E, passa por caber na maioria das vezes, aos professores, a função de educar alguém que não está minimamente preparado para adquirir esses ensinamentos.


Mas o pior é que a justiça para estes jovens não é exemplar nem mesmo inibidora de que mais alguém faça o mesmo. O crime compensa…


É tempo de alguém assumir este problema e buscar formas de o erradicar duma vez por todas da nossa sociedade. Criam-se comissões por tudo e por nada, emanam-se despachos e portarias por “dá cá aquela palha” e ninguém do Ministério da Educação teve a coragem de pegar nestes maus exemplos e resolve-los duma vez por todas.


Um destes dias vamos acabar por assistir ao linchamento de algum professor em plena escola e depois quero saber quem vai ser responsabilizado por esse acto. O Ministério tem a obrigação de dar aos professores todas as condições para que eles ministrem as aulas aos alunos. E estes devem ser responsabilizados pelas suas atitudes independentemente da idade.


O vídeo da aluna a tentar retirar o telemóvel à professora foi na altura muito falado e demasiado visto nas televisões, mas pouco se soube sobre as consequências para a rapariga, do seu acto. Neste, como noutros casos a aplicação da justiça não pode ser semelhante à exarada pelos tribunais comuns, porque na maioria das vezes a idade obriga-os a ficar impunes. Tem de se conceber mecanismos que abranjam este tipo de criminalidade (porque é de um crime que se trata) para que estes jamais se repitam.


A bem da nossa educação e dos nossos filhos.



Artigo de opinião publicado na Revista "o Alviela" em 26 de Março de 2009



Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D