Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Teimosia alemã?

Uma vez mais o Ministro das Finanças alemão, Wolfgang Shäuble, não se dignou levantar para cumprimentar o actual Ministro das Finanaças grego, Yanis Varoufakis.

Em tempos esta mesma atitude mereceu reparos em Portugal, nessa época com o ex-Ministro das Finanças Vitor Gaspar.

Agora fica a ideia que das duas uma: ou é mania da superioridade do alemão ou então deve ter alguma unha encravada.

 

 

Uma noite (de compras!) para esquecer

Ontem foi dia de compras. Estes momentos revestem-se quase sempre de muito tempo gasto entre comprar, pagar e arrumar. Onde resido não há uma loja, um mero supermercado… nem mesmo um café.

Tendo em conta que em casa vivem sete pessoas, mais a malta que já saiu para outras (a)venturas, necessitamos de ter a dispensa composta. Assim sendo a visita a uma grande superfície torna-se necessária em média de dois em dois meses. Munidos de uma longa lista de produtos eis-nos a tarde/noite passada em pleno supermercado.

Como já estamos habituados a este tipo de compras nunca adquirimos coisas que não necessitamos, só o que realmente faz falta. Éramos três a percorrer quilómetros de corredores em busca dos produtos. A mim coube-me, como sempre, as bebidas, o leite, os queijos e a charcutaria. Uma hora e quatro carros depois dirigimo-nos à caixa para pagar.

E foi aqui que o insólito aconteceu… A determinada altura fui inibido de levar o leite que pretendia. O jovem caixa, sem qualquer culpa no caso, justificou-se dizendo que o produto estava em promoção e por isso havia limite de embalagens por cada pessoa. Fiquei varado com esta estúpida ideia. Voltei então para trás e troquei os pacotes de leite por outros para os quais não havia qualquer limitação. Confrontei uma colaboradora, daquelas que andam sempre com chaves na mão, e que me mostrou em letras muito pequenas o aviso da limitação de pacotes.

Isto é, a campanha de supostos descontos – ainda estou para perceber se eles existem mesmo – é colocada à vista de toda a gente em letras garrafais, mas o limite de embalagens aparecem num corpo de letra muito pequeno.

Por minha vontade as compras tinham ficado nos carros e jamais regressaria àquela superfície comercial. Todavia o bom-senso das mulheres que me acompanhavam prevaleceu e acabei por trazer os produtos.

Assumo desde já que dificilmente voltarei àquela rede de supermercados.

Do meu passado (V) - Os primeiros livros

Assim que comecei a saber ler atirei-me aos livros. Primeiro uns muito infantis mas depressa subi o escalão e passei rapidamente a ler uns livros de aventuras de uns miúdos ingleses, que fizeram durante anos as minhas delícias.

As Aventuras dos Cinco da escritora Enid Blyton, foram um sucesso em Portugal e fazem parte, ainda, do meu imaginário.

Naquele tempo todos queríamos ser como o Júlio, o Dadid, a Ana e a Zé. Assim como desejámos ter um cão que se chamasse Tim. Ler aqueles pequenos livros foi uma aventura que me incentivou a buscar novas leituras...

Para nunca mais parar... de ler!

 

domeupassado_livros.jpg

 

Fiquei sem perceber...

... a (má) história com os medicamentos para a Hepatite C.

 

Há algo neste triste episódio que cheira muuuuuuuito mal. Num dia é tudo caríssimo, no outro há um acordo entre as partes envolvidas e os preços baixaram quase 50%.

Fica a questão: se ninguém tivesse vociferado publicamente contra o senhor Ministro, quantas pessoas teriam ainda de morrer para se chegar ao tal acordo?

Com a saúde não se pode brincar. Nunca!

 

 

Hoje de parabéns - VIII

Pois, pois todo o mundo sabe que ele faz trinta anos hoje. Toda a gente queria ser CR7, não só pela juventude mas acima de tudo pela fama e dinheiro.

Hoje o jogador do Real Madrid, nascido na bela ilha da Madeira, comemora o seu trigésimo aniversário. Um número que não é mais que isso mesmo: número!

Ronaldo é actualmente um ícone da juventude e um símbolo de um País que não o conseguiu segurar dentro das suas fronteiras. Provavelmente se por cá tivesse ficado CR7 seria apenas Cristiano ou o Ronaldo, sem 7. Todavia a sua permanente vontade de ser mais do que já foi, torna-o realmente uma pessoa especial.

Hoje quase por todo o lado, mas especialmente em Portugal, na cidade de Manchester e em Madrid comemora-se o aniversário do menino que veio para Lisboa e para o Sporting, muito novo.

Para o trintão Ronaldo o meu abraço sincero de parabéns. Eu sei que ele jamais me lerá mas isso para mim também não me parece importante. Prefiro que ele continue a jogar e a marcar golos. Com a competência que eu e todos lhe reconhecem.

Ei-lo!

Tal como havia prometido aqui, chegou ontem a casa mais um relógio de parede. Antigo relógio de ponto este "Simplex" (terá sido a esta marca que o outro veio buscar a ideia?) veio de Serpa onde no Museu do Relógio se sujeitou às mãos habéis dos mestres relojoeiros que fizeram um trabalho fantástico.

Agora basta colocá-lo no sítio certo!

 

simplex.jpgmodelo_simplex.jpgchave_simplex.jpg

 

 

 

 

 

O meu destaque

Hoje li algo que me comoveu.

Eu sei que não posso mudar o mundo. Faz muito tempo que me convenci disso.

Mas dou valor a quem se voluntaria para visitar locais como o Serviço de Pediatria do IPO.

Por isso o meu destaque de hoje para este belo exemplo. Uma lição de vida e de ternura.

Partilhem se puderem:

 

http://davidadepi.blogs.sapo.pt/ipo-pediatria-falemos-disto-agora-ja-71241

Do meu passado (IV) - As boas e más horas

Recebi-o como prenda de aniversário quando fiz 10 anos. Não imagino quanto terá custado, mas para a época não terá sido naturalmente muito barato. Naquele tempo senti-me quase importante por ter um relógio de pulso. Como a vida hoje é tão diferente...

Até há bem pouco tempo estava a trabalhar. Fui achá-lo ontem parado mas com a corda toda. Pronto lá tem de ir ele ao médico especialista.

Foi meu companheiro nas boas e más horas... E só em 1980 o substituí por um outro mais moderno mas que rapidamente feneceu.

A bracelete de origem já se estragou faz muuuuuuuuito tempo. Todavia assim que regresse ao meu convívio brindo-o como uma nova.

Enfim este pequeno aparelho é outra das fantásticas referências do meu já longo passado. E que jamais olvidei!

 

cauny.jpg

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D