Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

A tristeza duma noite!

Jamais pensei em escrever o que se segue. Mas a vida dá (tantas) voltas e eu, já com a idade que tenho, estou sempre a receber novas lições.

 

Raramente vejo noticiários. Sei que o mundo anda sempre em convulsão, não necessito de maior histerismo verbal.

 

Só que hoje enquanto jantava surgiu uma reportagem sobre um homem, antigo jornalista atirado para os buracos mais obscuros da rua. A determinada altura pareceu-me conhecer a voz do sem-abrigo que nunca mostrou a cara.

 

Sim, aquela voz... eu conhecia-a!

 

Eu já falara com aquele homem!

 

A minha atenção ficou presa naquela figura. Escutei toda a reportagem e mesmo de perfil acabei por conhecê-lo.

 

O meu amigo António.

 

Há quanto tempo que não sabia dele. E soube-o hoje e da pior maneira possível.

 

Como pode um ser humano chegar tão fundo? Não consegui evitar uma lágrima que teimosamente rolou, por entre memórias de jantares, escritas e longos passeios que ambos fizemos.

 

O tempo passa realmente demasiado depressa. E devora-nos!

 

 

Desabafos!

Uma vez mais longe do bulício da cidade por uns dias.

 

A vida no campo tem outro gosto, outro sabor. E não só os enchidos ou as couves. É tudo!

 

Em primeiro lugar o ar! Até dói ao respirar este ambiente forte de pinho, terra molhada e diversas ervas.

 

A chuva aqui tem sabor a paz, serenidade!

 

O queijo sabe a queijo e não a plástico das enormes superfícies. A travia cozida e temperada com acúcar tem o gosto da vida campestre.

 

A primavera está a chegar. Nota-se nas cerejeiras já em flor e nas mimosas que alegram a encosta serrana.

 

Tudo isto é vida. Saudável, pura, benfazeja!

 

 

 

 

 

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D