Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Ainda sobre a morte de Eusébio!

Já muito se falou e escreveu sobre o triste falecimento de Eusébio da Silva Ferreira. Graças a Deus que a maioria do que se ouviu e leu, foram rasgados e merecidos elogios ao Pantera Negra.

 

Só que, como diz o povo no melhor pano cai a nódoa, e assim apareceram algumas figuras que, perante este fenómeno de popularidade que atravessou quase toda a sociedade portuguesa, saíram a terreiro com declarações que demonstram, no mínimo, uma pobreza de espírito e quiçá alguma tacanhez.

 

Começo pelas declarações do antigo Presidente Doutor Mário Soares. Aceito que haja alguém que não goste de futebol em particular ou até mesmo do desporto em geral. Porém e perante a morte de uma figura tão carismática como Eusébio o melhor seria… silenciar-se. Ficou mal nesta fotografia e dificilmente alguém esquecerá estas suas declarações. No mínimo lamentáveis para alguém que foi uma das personagens do século passado.

 

Mas infelizmente não está sozinho. No dia 6 o Doutor Marinho Pinto, ilustre e mediático advogado, criticava a forma como tinham decorrido as exéquias do maior futebolista português. E pior… com a agravante de se considerar benfiquista. Também aqui entendo a idiotice deste homem, que foi durante anos Bastonário da Ordem dos Advogados, ao perceber como pode o povo orgulhar-se de um mero futebolista.

 

Finalmente e obviamente menos desculpável são as palavras da Doutora Assunção Esteves, ilustre Presidente da Assembleia da República. As suas declarações e desculpas um tanto atabalhoadas sobre a eventual ida do féretro de Eusébio para o Panteão, podiam ter sido obviamente evitadas.

 

Há assuntos sobre os quais alguns ilustres personagens não deviam opinar, pois arriscam-se a cair facilmente no ridículo.

 

A morte de Eusébio, lançou este antigo campeão para o rol das personagens portuguesas com direito a ficar eternamente na nossa história. E há, neste país, quem ainda não consiga entender isso!

 

 

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D