Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Primeiro ano de United, primeira vitória europeia!*

Só vim aqui dizer que Mourinho está de regresso às grandes vitórias europeias.

Num jogo pobre a equipa da triste Manchester levou a melhor sobre o Ajax de Amsterdão.

Quatro finais, quatro vitórias este é o "pobre" pecúlio de José Mourinho.

Para o ano já sabem.. contem com o United para outros voos.

 

* - Quando escrevi este post esqueci-me totalmente das vitórias internas que o Manchester de Mourinho já havia conseguido: Taça da Liga e Supertaça.

José Mourinho – o estranho dilema de um adepto

Parece certo a consumação do casamento entre Manchester United e José Mourinho. Para grande tristeza minha!

Como é do conhecimento de todos os que por aqui fazem a fineza de passar, tenho grande apreço por José Mourinho. Especialmente a partir daquele dia em que mandou calar meio estádio de futebol numa celebérrima final da Taça da Liga Inglesa contra o Liverpool.

Tenho, todavia, a “real” consciência de que JM é um daqueles homens angariadores de sentimentos antagónicos: ou se gosta ou se odeia. Portanto com Mourinho não há meio termo.

Foi a partir daquela final que passei a seguir a carreira do setubalense com avolumado interesse e acabei, quase sem querer, por me tornar um fervoroso adepto do Chelsea FC. Com ou sem Mourinho!

A vida de um treinador não é fácil. Mas Mourinho, mais que todos os outros, tem sabido lidar com isso. Em cinco anos no Chelsea foi três vezes campeão, ganhou duas taças da Liga, uma taça de Inglaterra e uma supertaça. Porém este palmarés não foi o suficiente para se manter em Stamford Bridge. Mas “that’s life”…

Agora esta ideia de ir para Manchester, para o Teatro dos Sonhos, treinar a antiga equipa comandada por Sir Alex Ferguson é que não lembra a ninguém. Especialmente a mim.

É que com este acordo, mesmo tentando seguir com costumado interesse a carreira do novo treinador do Manchester a verdade é passo a viver num enooooorme dilema.

Se por um lado espero que Mourinho continue a ganhar, como sempre o fez, por outro só desejo que ele perca dois jogos: ambos contra o Chelsea!

Todavia até chegarem esses dias vou estar a torcer pelo setubalense!

Um treinador vulgar?

Os últimos dias de José Mourinho em Inglaterra não têm sido fáceis. Todos sabemos como é a crítica da imprensa desportiva em terras de Sua Majestade: mordaz e implacável!

Hoje JM não é o "Happy One" de outrora, nem o "Special One" da sua primeira vez em Inglaterra. 

O futebol vive essencialmente de vitórias. Daquelas que levam os adeptos aos estádios e aos píncaros da euforia. No entanto... este ano nada disso parece estar a acontecer para os lados de Stamford Bridge. Um modestíssimo 15º lugar com apenas três vitórias e seis derrotas e ainda dois empates fazem com que o campeão inglês esteja, à décima primeira jornada, a (já???) 14 pontos do lider Manchester City.

Algo impensável há uns meses.

O Chelsea parece, pelo que pude ver, uma equipa modesta do fundo da tabela não obstante ter jogadores de grande valia. Mas será tudo culpa do treinador?

Bom... em futebol quando se ganha, ganham todos, mas quando se perde só um parece ser o culpado. É certo que o diferendo que Mourinho manteve com a médica lusa não o ajudou perante a equipa, deixando-o demasiado refém das suas próprias declarações.

Não imagino qual o futuro próximo de Mourinho, mas a vulgaridade do futebol da sua equipa parece não o ajudar. Veremos o que acontece na próxima jornada da Liga dos Campeões.

Muito se irá decidir nesta semana que ora se inicia.

 

Onde pára José Mourinho?

Vi hoje o jogo da Champios League entre o Dinamo de Kiev e o Chelsea de Londres. Não sei porquê tive a estranha sensação de o José Mourinho já não treinar a equipa inglesa.

É certo que no banco de suplentes estava lá um tipo de barba branca de muitos dias e que dava ares ao setubalense. Porém a equipa que se apresentou em campo estava a quilómetros luz das antigas equipas treinadas pelo mais mediático treinador português.

Daí a minha questão a titutar este texto.

Se alguém o vir por aí digam-lhe que regresse depressa a Inglaterra, se fizer favor.

O futebol agradece!

Mourinho again!

Quem passa por este espaço sabe como sou apreciador de José Mourinho. Reconheço-lhe méritos que nenhum outro treinador consegue mostrar, seja dentro ou fora dos campos de futebol.

José é único! Para os que o detestam, que o criticam, que vêem nele o Mal personificado eis que Mourinho vence uma vez mais a liga inglesa, quiçá a melhor Liga de futebol do Mundo. E sem espinhas com o soe dizer-se!

Começou muito bem, a jogar um futebol fantástico a equipa do Chelsea, mas com o andar do campeonato perdeu algum gás. Só que foi sempre suficiente para levar de vencida os adversários mais directos.

Ficou talvez um amargo de boca com a eliminação da Liga dos Campeões... Seja como for, José ganhou este ano dois títulos com o Chelsea: a Taça da Liga e Liga Inglesa.

Mourinho regressa às grandes vitórias. E como português sinto-me extremamente orgulhoso por ele.

Um abraço de parabéns José. 

 

 

 

José Mourinho - a entrevista

Perecerá reduntante dizer que aprecio e muito José Mpourinho.

 

Acabei de ouvir a entrevista que deu a um canal de televisão e o mínimo que posso dizer é que gostei muito.

JM surge mais calmo, mais sereno e com um discurso claramente pouco luso e muito britânico.

 

Falou de tudo (ou quase!) sem rodeios nem medos. Chamou as coisas pelos nomes e assumiu aquilo que considerava que podia dizer.

Talvez o momento menos feliz terá sido a referência ao treinador encarnado e à troca de galhardetes entre ambos envolvendo jogadores, capa e espada e gramática.

 

Mourinho tem vindo a melhorar a sua dialéctica. Percebe que a truculência linguística (já) não o favorece, optando por um depoimento mais pensado e realista.

Sinceramente apreciava muito mais aquele JM de dedo em riste ou de comemorações assaz efusivas. Mas percebo que os anos são outros e a postura vai-se alterando.

 

Finalmente deu para entender que Mourinho quer vir a ser o "Ferguson" do Chelsea. Manter-se no clube por muuuuuuuuitos anos, dando estabilidade e valor acrescentado.

 

Uma grande entrevista onde a selecção também foi referida e para a qual JM tem um discurso coerente.

Mourinho no seu melhor!

 

 

 

Vou a Londres!

Já era tarde quando tomei conhecimento do sorteio da Liga dos Campeões para a época 2014/2015. É o que dá estar de férias!

 

Vi deste modo em diferido a sorte ou o azar que calhou ao Sporting. E uma coisa é certa. Vou a Londres!

 

Pois é, para além do Sporting, que é o meu clube de coração e paixão, e da Real Sociedad, equipa pela qual nutro uma estranha afeição, há um clube em Londres pelo qual sofro. É o Chelsea de José Mourinho. O tal treinador "Special One" que eu muito aprecio.

 

Já não tenho idade para ter ídolos ou venerar atletas, mas JM e o seu Chelsea caíram-me no goto! Manias de adepto.

Prometi ao meu filho mais velho se o Chelsea calahasse ao Sporting ia a Alvalade. Mas façoa mais quero ir a Londres ver o jogo.

 

Sempre disse que um dos meus maiores desejos era um dia ir a Stamford Bridge ver um jogo de futebol. Aquele ambiente...

Ora nada melhor que aproveitar esta oportunidade e.. zarpar!

 

Observado o sorteio e os restantes adversários que calharam em sorte direi que até que nem foi mau... Mas o futebol é uma caixinha de (boas e más) surpresas.

A seu tempo veremos...

 

 

Também aqui

Razão tinha Mourinho!

 

Após a vitória de ontem do Real Madrid na Liga dos Campeões, as dúvidas que porventura existiam em relação a um dos jogadores madrilenos, dissiparam-se após esta final. Ressalta assim desta minha conclusão, razão para o ex-treinador merengue José Mourinho, quando entregou a Diego Lopez a guarda da baliza merengue.

 

Iker Casillas, não obstante ser (ainda) o dono da baliza da selecção espanhola, mostrou em Lisboa que a sua continuidade como número 1 da Espanha está claramente posta em causa. Aquela saída fora de tempo que resultou no único golo colchonero é a prova que a curva do guardião é já a descendente.

 

José Mourinho percebeu isso muito antes dos outros. Foi mal interpretado e imensamente criticado. Mas como (quase) sempre, tinha razão.

Esta noite...

... esfumou-se o sonho de José Mourinho de encontrar o Real Madrid na Final da Liga dos Campeões, a realizar no próximo dia 24 de Maio, em Lisboa.

 

Derrotado em sua própria casa, tal como ontem o Bayern, Mourinho tem agora a Premiere League como única preocupação. E mesmo assim já não depende só da equipa dele.

 

A capital portuguesa pode assim iniciar os preparativos para uma invasão de castelhanos. Surpresa, surpresa não é a derrota do Chelsea mas sim a fantástica vitória do Atlético.

 

O adversário do FCPorto na fase de grupos é, sem margem para dúvidas, o grande "outsider" desta final. Ninguém, nem os adeptos colchoneros mais ferverosos imaginariam esta final inédita.

 

Tanto para o Real como para o Atlético o céu é agora o limite!

 

Invasão espanhola?

Quem diria que o Real Madrid faria da visita a Munique um passeio? Provavelmente nem os mais optimistas.

 

Falta apenas saber se José Mourinho consegue contrariar a equipa de Simione ou teremos no próximo mês uma invasão castelhana à capital portuguesa. 

 

O futebol tem destas coisas... estranhas e bizarras. Não é obviamente uma ciência exacta! E ainda bem!

 

Mas sinceramente preferia o Chelsea a 24 de Maio contra Ronaldo.

 

Do mundo o melhor  treinador contra o melhor jogador.

 

Humm... já sinto água na boca!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D