Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Certezas!

Ontem à tarde apresentei-me numa unidade hospitalar privada para fazer uma série de exames.

Houve uma prévia preparação, mas quando entrei no gabinete não estava realmente preparado para o que me viria a acontecer. O tempo naquele cubículo pequeno e repleto de equipamentos médicos, parecia nunca mais acabar.

Finalmente meia hora depois saí despojado de dignidade mas com diversas certezas:

1 - Que não tinha qualquer doença;

2 - Cada vez mais admiro certos médicos;

3 - Da minha sexualidade.

Eu também não fui convidado!

Li por aí que o Príncipe Harry está para casar com uma actriz americana.

Anexo à história cor de rosa de príncipes e quase princesas apercebi-me que o filho mais novo da malograda Princesa do Povo não irá convidar o antigo Presidente dos Estados Unidos, Barak Obama, por com este convite teria de convidar também o Donald Trump.

Ora como todos sabemos o actual Presidente americano assemelha-se àqueles tios broncos e barraqueiros que por vezes temos obrigatoriamente de levar a alguma festa, sabendo de antemão da confusão que ele irá fazer.

Como o Harry não quer lá o loirinho americano e como há aquela coisa da diplomacia não irá convidar Obama nem a sua esposa Michelle.

Eu até consideraria esta postura mais ou menos normal se Harry fosse o verdadeiro pretendente à Coroa Britânica, mas como não é, acho estranho que ele nao leve alguém de quem gosta só por causa da diplomacia internacional.

Na minha vida nunca fui muito comedido nas palavras. Mas também nunca enganei ninguém quando é para referir as pessoas que gosto ou não, Daí perceber que daria um muito mau embaixador provavelmente incapaz de lidar com tipos como o Trump.

Assim sendo venho formalmente comunicar que também nao fui convidado para o casamento de Harry.

Tudo por culpa do Trump.

Conclusão precipitada?

O senhor Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa cancelou os encontros que tinha agendados para hoje com a Associação de juízes, o Sindicato dos Magistrados do Ministério Público, o Sindicato dos Funcionários Judiciais e o Sindicato dos Oficiais de Justiça.

Resumindo... o PR anda a fugir à justiça

Estou de parabéns...

Não, não faço anos, mas estou realmente de parabéns por ter conseguido resistir a tanto bolo e tanto acepipe durante esta quadra natalícia.

Não obstante este número de doces, consegui passar por eles de forma (quase) incólume.

Mais... há um destes bolos que é feito por minha causa e até hoje ainda não lhe toquei.

Todavia ainda petisquei uma rabanada.

E foi tudo.

Ainda por cima consegui a seguinte crítica:

- Não come pão e depois come rabanadas...

Cheira-me que desta vez há doces que se vão estragar.

É só uma desconfiança...

A solução para a Catalunha pode passar por Portugal

As recentes eleições na Catalunha parecem não ter resolvido um imbróglio em que se meteram os independentistas catalães.

Se bem que tenham sido os Ciudadanos-Partido de la Ciudadanía, liderados pela “muy guapa” Inês Arrimadas a ganhar as eleições catalãs, a falta de uma maioria absoluta por parte do partido “naranja” vai obrigar alguns dos partidos a entenderem-se… ou talvez não.

Os partidos independentistas têm em número de deputados regionais a maioria, todavia as diferenças entre ambos são tão evidentes de dificilmente haverá acordo entre eles para formarem um governo.

Será nestas circunstâncias que Portugal poderá dar uma ajuda na resolução deste imbróglio. Para tal basta ligarem ao nosso Primeiro-Ministro António Costa que ele sabe como criar uma geringonça.

Desta vez catalã!

A idade não conta!

Fui ao supermercado comprar uma couve-flor para o meu almoço. Escolho-a, coloco-a num saco e dirigo-me à caixa onde já se encontra um homem que percebo que tem alguma idade.

A canadiana está encostada ao pequeno balcão que também tem uma série de compras. Aproximo-me, mira-me e percebe que só tenho a couve-flor para pagar. Entabulámos então este diálogo:

- Passe para a frente. Só tem isso.

- Deixe estar. O senhor está à minha frente.

- Não senhor, passe se faz favor. Eu tenho muito tempo.

- Também eu - respondi.

- Mas passe que eu tenho muito tempo - insistiu.

Tentando não desiludir o idoso, passei à frente dele e aguardei que a cliente, agora à minha frente, pagasse as compras. Entretanto:

- Já sou velho e tenho muito tempo - continuou o velhote.

- Não parece...

- Se chegar amanhã (estranha forma de contar o tempo!!!) faço 95 anos.

Admirei-me da lucidez e retorqui:

- Bonita idade...

- É não é? Mas sabe do que tenho pena ao ser assim velho?

- Não imagino...

- É disso aí...

E apontou com o queixo a jovem que estava na caixa.

Só pude rir. Com 95 anos e o que aquele idoso mais sentia falta era da companhia feminina.

Malandreco...

Não sei se ria... se chore!

Uma carta registada oriunda da PSP nunca é bom sinal. Foi o que me aconteceu esta semana. Após alguns desencontros com a dita eis que finalmente tenho a missiva: uma multa. Tal como calculava...

Pronto... faz parte da vida normal de um condutor ser por vezes brindado com uma oferta desta estirpe.

Estava tudo correcto: o meu carro na respectiva fotografia, a indicação da velocidade a que dirigia, as horas do evento e a data. De nada duvidei porque não há uma falha na coisa.

Assim o valor a pagar é de 60 euros. Coisa razoável digo eu. E sem mais penas (os tais dos pontos...).

Porém o melhor conto-vos agora... Fui multado por excesso de velocidade porque conduzia a mais de... 2 quilómetros do que me era permitido. Digo bem 2 quilómetros por hora.

Deste modo não sei se hei-de rir do ridículo da situação, se chore com a forma como um condutor é tratado. Com tanta mão de obra livre e tanta mata por amanhar nada melhor que gastá-la a emitir multas por excesso de velocidade de 2 quilómetros. Faz todo o sentido!

Ah e tal a lei manda... Pois é bem verdade e é por isso que nada mais tenho a dizer sobre este assunto!

multa.jpg

 

Ciclovias

Não bastavam os carros roubarem passeios para estacionamentos, a Câmara alargar as estradas para fazer mais uma via, cortarem a terra para acrescentar um túnel e com tudo isto os peões ainda terem atenção redobrada, não bastava o que antecede e agora tenho de ter cuidado com as ciclovias implementadas na cidade?

Um destes dias ia sendo atropelado por uma menina... de bicicleta. Tenho consciência que ela não teria culpa se me acontecesse algo de mal, mas seja como for já são preocupações a mais na rua.

Não há quem aguente!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D