Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Outubro e as campanhas de azeite!

Sabe sempre bem sair do rame-rame da cidade e partir para outras paragens nem que sejam as costumadas aldeias que habitualmente visitamos e tão bem conhecemos.

Assim fui até ao Ribatejo Norte, no final do mês passado, onde durante quase seis longuíssimos dias de doze horas de trabalho, apanhei 1200 quilos de azeitona que devolveram mais de 200 livros de azeite. Com um grau de acidez de 0,4º.

Isto é... quantidade e qualidade superior de azeite. Como (quase) sempre costuma ser, naquela zona de Portugal. O problema é que a azeitona, este ano, estava naturalmente muito madura, porém pequena e de apanha difícil.

Não fosse a tecnologia existente e ainda agora andava a apanhá-la.

No final deste mês estarei certamente noutra paragem e em outra campanha, também de azeitona, mas desta vez mais a leste, em Castelo Branco.

Veremos neste duelo de aldeias qual dos lugares se sairá como vencedor de produtor de azeite.

Até lá descansemos... Que bem preciso!

Publicidade enganosa?

Tenho a ideia de que os nossos publicitários têm fantásticas ideias. Do melhor que há por esse mundo fora.

De tal forma que há uns anos havia um programa televisivo que falava dos melhores slogans publicitários a nivel Mundial e surgiram sempre muitos portugueses.

Tudo isto para dizer o quê?

Compreendo que uma empresa, perante a concorrência, utilize de todos os métodos legais para tentar suplantar os seus adversários. Mas entre o demonstração das ideias e a prática vai uma distância demasiado considerável.

Custa-me, por isso, que uma operadora de televisão por cabo apresente um slogan onde diz chegar a não sei quantos portugueses mas não consiga reparar as antenas emissoras após os incêndios do centro do país.

Pior... é que continua a cobrar por um serviço que não disponibiliza.

Obviamente que a empresa não terá tido culpa nos incêndios... mas os utentes também não tiveram.

O negócio tem sempre um risco... O fogo é um deles.

Portanto, é tempo dos responsáveis da operadora perceberam que o país não são só cidades... há também (muitas) aldeias.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D