Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Roubo de granadas - mais uma bomba militar!

A notícia desta tarde prende-se com espantoso roubo de granadas e municões num paiol em Tancos. Algo inexplicável!

Sei que não andamos em guerra com ninguém, talvez com os fogos mas para esses as granadas não são necessárias e portanto reconheço que com mais granada menos granada, não é por aí que vamos perder ou ganhar qualquer guerra.

O que realmente me atormenta é saber que essas e outras armas podem desaparecer de um paiol militar sem que ninguém na hora dê por isso.

O Ministro da Defesa, confrontado com a notícia, não poderia dizer outra coisa senão o que disse. Todavia paira no ar uma certa desconfiança e um receio objectivo e que se prende com a segurança de todos nós. Daqui as seguintes questões:

1 - Como pode um quartel militar ser invadido por estranhos com capacidade para roubarem mais de cem granadas e outras munições?

2 - Ou será que há alguém dentro do quartel com acesso privilegiado ao paiol mas de confiança duvidosa?

As chefias militares responsáveis por estes quartéis vão ter uns próximos dias bem complicados, para explicarem o que aconteceu, se o conseguirem, porque me parece que há aqui demasiado desleixo militar.

O PR deveria, em bom rigor, já que é o Chefe Supremo das Forças Armadas, dizer alguma coisa... ele que gosta tanto de botar discurso. Pois mas agora é complicado.

Resumindo... mais armas na rua, em mãos que não imaginamos quem sejam, nem o que poderão fazer com elas. Depois se acontecer algo de muito grave lá vai o governo criar mais legislação.

(Confidenciaram-me entretanto que as granadas serão para ser destribuídas pelos aviões comerciais de forma a atacarem qualquer dronne que voe a maior altura que a lei permite).

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D