Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

O PR escreve com erros?

Portugal como é do conhecimento de todos nasceu enviesado. Quando um filho bate na própria mãe e nasce um país… Pobre povo!

Os séculos passaram e este rectângulo sempre viveu acima das suas possibilidades (não é de agora!)…  Se numa altura vieram as especiarias da India, logo se seguiu o ouro do Brasil e mais tarde das Áfricas o petróleo e outras matérias primas.

Portanto neste país nunca houve a necessidade de se trabalhar muito! E esta ideia prevalece ainda hoje. Há quem tenha muito trabalho para não fazer nada…

Os nossos políticos não fogem, obviamente, a esta sina, fado ou seja lá o que for que lhe queiram chamar. Vendem-se por uns quaisquer Panamás e vivem o resto da vida na sua redoma, permanecendo intocáveis.

Escrevi estes parágrafos para anteceder o que aqui trago hoje. E outrossim para tentar perceber como aqui chegámos…

Um país que nasce torto, como já referi, jamais se endireita, digam lá o que disserem! Toda a vida fomos pobres (exceptuando algumas raridades!). E como bastam umas lérias que nos sabe bem ouvir, acreditamos sempre naquela velha máxima tão lusa: desta vez é que é! E nunca é. Nem nunca será! Porque simplesmente não queremos ter trabalho para mudar.

Um exemplo (quase) perfeito da filosofia de vida dos descendentes de Viriato é o actual Acordo Ortográfico. Durante anos algumas cabecinhas acharam que se deveriam adoptar novos procedimentos para a nossa escrita e não vai de modas há que “inventar” um tal de Novo Acordo.

As razões subjacentes a este acordo ainda estão longe de ser bem firmes, já que muita gente ainda não adoptou o dito (eu incluído), nem os próprios países envolvidos (CPLP) parecem deveras interessados na mudança. O que leva a perguntar o porquê da alteração?

Mas a “coisa” parece estar pior quando o actual Presidente da República publica um texto num jornal ainda sob o antigo Acordo mas os documentos oficiais de Belém aparecem com a nova grafia (basta ver o site da Presidência). Há aqui então uma divergência de acção. E pergunto: será correcto esta diferença de entendimentos sobre a nossa língua? Ou questionando de outra maneira: o novo Presidente escreve com erros?

Mais uma vez… Portugal no seu melhor!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D