Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

O homem: um ser cruel!

A vida ensinou-me que tudo tem um preço. Que tudo se compra e vende, incluindo a dignidade ou os afectos… dependendo do dinheiro que se tem ou que se necessita.

Daí as novas plataformas, onde tudo se vende e compra em directo, terem crescido de forma quase assustadora.

Como apreciador e amante de coisas velhas e antiguidades também visito algumas dessas lojas virtuais. Sem qualquer pudor.

Lá encontro um pouco de tudo. Desde relógios bonitos e feios, faianças e porcelanas, casas e carros. Já para não falar de acessórios para tudo e mais alguma coisa.

Mas sinceramente o que mais me entristece é aproveitarem-se dessas plataformas para venderem animais. Especialmente de estimação como cães e gatos. Todavia ontem vi algo à venda que me levou a escrever este texto.

Custa-me perceber como alguém pode ter um bicho que não é de companhia em casa, privando-o da sua liberdade. Falo, imaginem, de uma serpente que vi ontem à venda. Com preço e para ser entregue em mão… Em Portugal!

Há cada vez mais malucos com estranhos gostos por animais exóticos, mas uma cobra? E por aquilo que me foi dado perceber não parecia tão pequena quanto isso.

Ao que isto chegou!

Não consigo entender como pode o homem ser tão rude, tão cruel com a natureza. Todos os bichos, mesmo os de companhia, foram criados para viverem em liberdade. Nunca para serem limitados no seu espaço.

Mas o ser humano não percebe isso. Infelizmente!

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D