Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Eleições Francesas – Álvaro Cunhal teve razão!

Ainda bem que não escolhi ser político. Poderá ser uma profissão com nome e renome, com muitas vantagens e muito futuro, mas para mim não dava… E isto porquê? Porque simplesmente seria incapaz de dizer uma coisa hoje e outra totalmente diferente amanhã sem quaisquer pruridos, como se fosse a coisa mais natural do mundo.

Ora na primeira volta das eleições francesas os votos foram dispersados pelos diversos candidatos. Uns de esquerda e extrema-esquerda (Jean-Luc Mélenchon/Poutou/Arthaud), um socialista (Hamon), outro conservador (François Fillon), um mais liberal (Emmanuele Macron) e obviamente a extrema-direita (Marine Le Pen).

Para a segunda volta transitaram assim a líder da Frente Nacional e Macron, o liberal ligado à banca, de 39 anos.

No último Domingo os franceses voltaram a votar e a escolher. Os resultados foram os esperados (e os desejados pela maioria da Europa) e deste modo Emmanuel Macron vai viver para o Palácio d’Elysée, nos próximos cinco anos.

Bom, até aqui a democracia viveu-se na sua plenitude. Só que, para a primeira volta, a 24 de Abril, muitos foram os apoios dados aos diversos candidatos, especialmente vindo fora da França numa tentativa, quiçá desesperada, de tentarem virar o eleitorado gaulês, para uma esquerda mais radical e menos europeísta.

Com a passagem de Macron à segunda volta numa luta acesa com a candidata Le Pen, muitos dos partidos de esquerda acabaram por assumir o apoio ao banqueiro. Contra vontade muitos deles, creio eu…

Nisto tudo o que mais me admirou foi a eurodeputada portuguesa, Marisa Matias, vir a terreiro afirmar que foram os apoiantes de Mélenchon que fizeram Emmanuele Macron ganhar. Ela que considerava o liberal como a continuidade das más políticas europeias…

Então Álvaro Cunhal teve razão, quando nos anos 80 mandou o partido tapar a cara do candidato e votar em Mário Soares!

Como a história se repete…

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D