Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LadosAB

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Espaço de reflexões, opiniões e demais sensações!

Comes e bebes!

Falemos hoje de coisas importantes... Nada de política ou geringonça, Euro 2016 ou Selecção Nacional.

Chegou a hora de falar de algo que gosto especialmente de fazer e, dizem para a qual tenho alguma queda... (não tenho é onde cair!!!).

Falo-vos de cozinhar. Pois é... gosto mesmo de fazer uns petiscos. Mas nada daquilo sofisticado em que num prato enorme lá conseguimos encontrar algo parecido com comida.

Porém não esperem que venha aqui apresentar receitas... Longe disso! Há já por aí tanto blogue sobre este assunto que acabava por ser somente... mais um!

Venho aqui falar de métodos e artimanhas para confecionar uma óptima refeição. E digo-vos mais: sei qual a receita para um prato, seja ele qual for, ficar cinco estrelas.

Não acreditam? Pois bem... passem três dias sem comer e verão que o próximo prato que vos apresentarem para degustar estará simplesmente divinal. O que se infere que a fome é um fantástico tempero. Quiçá o melhor!

No que respeita à confecção dos meus pratos, valho-me sempre de duas medidas, que ainda não estão certificadas pelas entidades competentes mas são para mim de enorme valor. Chamam-se gostómetro e olhómetro.

Estas duas preciosidades têm-me valido rasgados elogios aos repastos por mim preparados. Ainda hoje usei ambos para fazer o almoço: sopa de nabiças e estrogonofe de perú com arroz branco. Quem comeu disse que estava muito bom... Pelo que sobrou também me pareceu!

Ora o olhómetro é aquela medida em que o nosso olhar nos diz se algo está correcto ou falta qualquer coisa. Ou é a água, ou o arroz ou outra coisa que estejamos a preparar. E quase sempre conseguimos ter sucesso com esta medida. É certo que a experiência na cozinha também conta para estes casos, mas é ainda assim a minha medida preferida.

Temos de seguida o gostómetro que se pode, de vez em quando, tornar um tanto traiçoeiro. Por exemplo, eu gosto da comida (muito) picante o que difere da generalidade dos comensais cá de casa. Deste modo o meu nível de gostómetro estará (quase) sempre num nível baixo. Tal como o sal, cujo ingrediente sou pouco apreciador.

Quanto aos meus doces estes geralmente levam açúcar... Muito! De outra forma não seriam doces! Todavia raramente os como! Não tenho diabetes mas gosto mais de apreciar os doces feitos pelos outros...Manias!

Acrescento os licores por mim feitos e que já me valeram diversos prémios... Sim, sim recebi umas garrafas todas engraçadas para encher... de licor!

Pronto... Por hoje creio que é tudo.

Vou só agora ali comer um gelado comprado no supermercado e já volto.

 

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D